app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Esportes

Paraguai avalia lista de Maldini para disputar Copa do Mundo

Assunção - Os dirigentes paraguaios se reuniram ontem para discutir a seleção do país para a Copa do Mundo, mas ainda não foi definido quando a lista final será anunciada. O comitê executivo da Associação de Futebol Paraguaia (APF) deu início à reunião p

Por | Edição do dia 03/05/2002 - Matéria atualizada em 03/05/2002 às 00h00

Assunção - Os dirigentes paraguaios se reuniram ontem para discutir a seleção do país para a Copa do Mundo, mas ainda não foi definido quando a lista final será anunciada. O comitê executivo da Associação de Futebol Paraguaia (APF) deu início à reunião por volta do meio-dia para analisar os nomes propostos pelo técnico Cesare Maldini. Um porta-voz disse que a equipe final pode ser anunciada somente após o amistoso contra a Suécia no dia 17 de maio. Os preparativos do Paraguai para o Mundial foram abalados por várias controvérsias. Maldini, contratado em dezembro, tem sido criticado porque a equipe não venceu nenhum dos três jogos disputados sob seu comando. Os críticos afirmam que ele tem um salário alto demais e que passa muito tempo fora do país. O atacante Cesar Ramirez se desentendeu com a APF e o meia Julio Cesar Enciso foi publicamente criticado pelo goleiro e capitão da equipe, Jose Luis Chilavert. Os dois estão fora da equipe. A ausência de Enciso na equipe que disputou o amistoso do mês passado com a Inglaterra desencadeou as críticas de que Chilavert, e não Maldini, define a equipe. O Paraguai está no grupo B da Copa, junto com Espanha, Eslovênia e África do Sul. Equador A seleção do Equador enfrenta neste sábado o Barcelona, de Guayaquil, em seu último jogo em território nacional antes da Copa do Mundo. A partida não será fácil, já que o adversário é o clube mais popular do país e jogará em casa. A intenção do técnico Hernán Gómez é corrigir os principais erros apresentados pela equipe na derrota para o Inter de Porto Alegre, na quarta-feira. Comemoração A partida também servirá para comemorar os 77 anos de fundação do Barcelona. O clube equatoriano foi duas vezes vice-campeão da Copa Libertadores, em 1990 e 1998. Depois do amistoso, o Equador viaja para os EUA, onde joga em 8 de maio contra a Iugoslávia e no dia 11 contra o Milan, da Itália. No dia 14, a equipe enfrenta o Atlético de Madrid, na Espanha.

Mais matérias
desta edição