app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

Picerni d� conselhos para o t�cnico Scolari

São Caetano do Sul - Sem perder a humildade que o caracteriza, o técnico Jair Picerni, do São Caetano, não discute a convocação da Seleção Brasileira feita por Luiz Felipe Scolari. Mas ousa dar um conselho ao experiente treinador: “Ele deve definir logo o

Por | Edição do dia 08/05/2002 - Matéria atualizada em 08/05/2002 às 00h00

São Caetano do Sul - Sem perder a humildade que o caracteriza, o técnico Jair Picerni, do São Caetano, não discute a convocação da Seleção Brasileira feita por Luiz Felipe Scolari. Mas ousa dar um conselho ao experiente treinador: “Ele deve definir logo os 11 titulares, treinar bastante e garantir o conjunto”. Este é, segundo Picerni, um dos pontos mais importantes para qualquer time, seja um clube, seja mesmo uma seleção. É também o ponto forte do São Caetano grande sucesso nas últimas duas temporadas no Brasil e um dos representantes do País na Taça Libertadores da América. “Tem jogador que não é brilhante, mas se encaixa bem no conjunto do time. Por isso joga e, às vezes, muito bem”, explica Picerni, evitando criticar as convocações de Felipão. “Ele estudou bem o que ia fazer e viu o que era melhor para a Seleção”, completou. Na relação, porém, alguns reparos. Sobre Romário, Picerni acreditou que foi uma questão que ficou em aberto e dependeria mesmo da “vontade do técnico”. E criticou uma convocação: Roque Júnior. “Não gosto do Roque Júnior, mas já trabalhou com o Felipe e isso é importante, porque passa a ser de confiança. Pode ser que dê certo”, analisou. Jair Picerni, de 56 anos, já dirigiu a Seleção Brasileira na Olimpíada de 1984, em Los Angeles, conquistando a inédita medalha de prata para o Brasil. Na época tinha como base o time do Internacional, de Porto Alegre.

Mais matérias
desta edição