app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

S�o Caetano adota cautela no Uruguai

São Caetano do Sul, SP - O São Caetano começa nesta quinta-feira a disputa, inédita em sua  história, das quartas-de-final da Copa Libertadores da América. A equipe do ABC paulista enfrenta o Peñarol às 21h10, no Estádio Centenário, em Montevidéu. O jo

Por | Edição do dia 09/05/2002 - Matéria atualizada em 09/05/2002 às 00h00

São Caetano do Sul, SP - O São Caetano começa nesta quinta-feira a disputa, inédita em sua  história, das quartas-de-final da Copa Libertadores da América. A equipe do ABC paulista enfrenta o Peñarol às 21h10, no Estádio Centenário, em Montevidéu. O jogo de volta contra os uruguaios será na próxima terça-feira, no Anacleto Campanella. Por ser a primeira vez que o clube chega a esta fase da Libertadores e ainda por enfrentar um adversário tão tradicional como o Peñarol, fora de casa, o técnico Jair Picerni pediu uma certa cautela aos seus jogadores. “Se não der para definir a vaga lá, então deixamos para o nosso campo”, avisou o treinador do São Caetano, para depois completar. Mas quem deseja ser campeão precisa estar preparado para tudo.” No jogo desta quinta-feira, o São Caetano terá um importante desfalque: o meia-atacante Anaílson, com problemas estomacais, não treinou durante a semana e nem viajou com o grupo para Montevidéu. Em seu lugar, para jogar ao lado de Brandão no ataque, Picerni já definiu que entra Robert. Com isso, o meio terá Aílton e Adãozinho, mais os volantes Serginho e Marcos Senna. “São jogadores que têm dinâmica de jogo. Tocam a bola, se movimentam e se aproximam um do outro”, elogiou o treinador, ao avaliar seu meio-de-campo titular. Peñarol Desfalcado pelos jogadores que seguiram com a seleção uruguaia para uma série de amistosos, o Peñarol enfrentará o São Caetano com uma equipe bastante alterada. A equipe uruguaia sofrerá com as ausências do goleiro Elduayen, dos defensores Bizera e Darío Rodríguez, convocados pelo técnico Victor Púa. Peñarol - Adrián Berbia; Serafín García, Luciano Barbosa,  Nicolás Rotundo e Robert Lima;  Pablo Gaglianone, Pablo Bengoechea, Gabriel Cedrés e Fabián  Canobbio; Daniel Jiménez e Carlos Bueno. São Caetano - Silvio Luiz; Russo, Daniel, Dininho e Rubens  Cardoso; Marcos Senna, Serginho, Ailton e Adãozinho; Robert e  Brandão.

Mais matérias
desta edição