app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Esportes

Corinthians x Brasiliense: vale a vaga na Libertadores da Am�rica

Brasília - Corinthians e Brasiliense protagonizam, nesta quarta-feira, um duelo de Davi contra Golias, pelo título da Copa do Brasil de 2002. De um lado, Davi, o pequeno Brasiliense, nascido há apenas 1 ano e oito meses, com jogadores desconhecidos, f

Por | Edição do dia 15/05/2002 - Matéria atualizada em 15/05/2002 às 00h00

Brasília - Corinthians e Brasiliense protagonizam, nesta quarta-feira, um duelo de Davi contra Golias, pelo título da Copa do Brasil de 2002. De um lado, Davi, o pequeno Brasiliense, nascido há apenas 1 ano e oito meses, com jogadores desconhecidos, folha de pagamento de apenas R$ 200 mil e que tenta um feito inimaginável semanas atrás. Do outro, Golias, o Corinthians, quase 92 anos de história e muitas conquistas, dono de um dos elencos mais caros do futebol brasileiro, que acaba de levantar uma taça, a do Torneio Rio-São Paulo, e tem dois jogadores na Seleção Brasileira que vai à Copa, Dida e Vampeta. Em jogo, também, uma vaga na Copa Libertadores da América de 2003. A partida começa às 21h45, no Estádio Serejão, a “Boca do Jacar钒. O juiz será o pernambucano Wilson de Souza Mendonça. O Corinthians joga por um empate, porque venceu a primeira partida por 2 a 1. Ao Brasiliense, vitória simples basta. Se o jogo terminar 2 a 1 para o time da capital do País, o título será decidido nos pênaltis. A equipe paulista leva a taça mesmo perdendo por um gol de diferença, a partir de 3 a 2. A decisão começou quente, com os erros de arbitragem cometidos por Carlos Eugênio Simon na semana passada, e continua com a temperatura alta. Ontem, o ex-senador Luiz Estevão, dono do Brasiliense e único Golias do time, proibiu o Corinthians de fazer o reconhecimento do gramado do Serejão. Alegou que queria preservar o campo. Na véspera, porém, o Brasiliense treinou lá. Completo O Corinthians joga completo. Dida e Vampeta só viajam para encontrar a Seleção amanhã. Mas o time está desgastado pelo excesso de partidas nos últimos dias, muitas delas decisivas. Confiança também é uma das forças do Brasiliense, cujos jogadores prometem não se deixar influenciar pelo que aconteceu na partida em São Paulo. Mas o time tem um grande problema. O atacante Wellington Dias, sete gols na Copa do Brasil, torceu o tornozelo esquerdo na segunda-feira, e só terá a escalação definida momentos antes da partida. O treinador do Brasiliense, Péricles Chamusca, quer o seu time jogando com inteligência. “O importante é não tomar gol e fazer um para ser campeão”. Brasiliense - Donizete; Moisés, Aldo, Thiago e Emerson;  Evandro, Carioca, Gil Baiano e  Maurício; Wellington Dias (Weldon) e Jackson. Corinthians - Dida; Rogério, Anderson, Fábio Luciano e Kléber; Vampeta, Fabrício, Ricardinho e Leandro; Deivid e Gil. Árbitro - Wilson de Souza Mendonça.

Mais matérias
desta edição