app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5728
Esportes

Invictos, Coruripe e CRB lideram Estadual

| WELLIGNTON SANTOS Repórter Com 100% de aproveitamento, Coruripe e CRB são os líderes da Copa Maceió - 1º turno do Alagoano 2006. Mas o Alviverde, com seis pontos, ocupa o primeiro lugar de forma isolada, graças a vitória por 3 a 0 sobre o Penedense, o

Por | Edição do dia 19/01/2006 - Matéria atualizada em 19/01/2006 às 00h00

| WELLIGNTON SANTOS Repórter Com 100% de aproveitamento, Coruripe e CRB são os líderes da Copa Maceió - 1º turno do Alagoano 2006. Mas o Alviverde, com seis pontos, ocupa o primeiro lugar de forma isolada, graças a vitória por 3 a 0 sobre o Penedense, ontem na casa do adversário. O Galo, que venceu o CSE por 1x0, vem em segundo lugar, também com seis, porém saldo de gols menor: quatro contra seis do Incrível Hulk. deu para o gasto Se não fossem pelas catimbas e quatro expulsões (Jeferson (CRB) Mário, Glauber, Elivelton (CSE) e mais o treinador Celso Teixeira, que foi posto para fora da pista do campo da Pajuçara pelo árbitro Jorge Luís da Silva, acusado de atrapalhar o bom andamento do jogo), CRB e CSE teria sido um jogo morno, sem muitas emoções para quem compareceu ontem ao Estádio Severiano Gomes Filho, na Pajuçara. Na primeira etapa, o CRB foi mais afoito e teve algumas oportunidades para abrir o placar. A melhor delas aos 16 minutos com o atacante Tico Mineiro que deu uma bela cabeçada, após o cruzamento de Milton para o goleiro Davi fazer uma ótima defesa. O CSE só respondeu aos 39 minutos com o atacante Nego Pai, que ficou de frente para o goleiro regatiano Pantera, mas foi travado por Jeferson na hora de chutar. Em seguida, em lance perto da intermediária do Tricolor palmeirense, o volante Mário e o zagueiro Jeferson trocaram “gentilezas” com tapas e empurrões e foram postos para fora pelo árbitro. Na seqüência, o treinador do CRB, Celso Teixeira, de acordo com relato do árbitro-assistente, estaria tumultuando sua atuação. O árbitro Jorge Luís da Silva também mandou o técnico regatiano mais cedo para o chuveiro. Nessa fase de jogo, ponto positivo apenas para o volante Roberto Ramos e o lateral-esquerdo Renatinho do CRB, e o meia Júnior, que esbanjou categoria pelo lado do CSE. Na segunda etapa, o CRB voltou com um pouco mais de vontade, a exemplo do CSE. Aos 21 minutos, o Galo promoveu as entradas de Marquinhos no lugar de Neyzinho, e de Saulo no de MIlton. Deu certo. Uma confusão na área, o artilheiro Marquinhos aproveitou o bate-rebate do adversário e só teve o trabalho de conferir o gol da vitória alvirrubra, aos 23 minutos. Galo 1x0. O CSE foi para cima e teve duas boas chances de empatar. Uma, inclusive, com bela defesa do goleiro Pantera no final.

Mais matérias
desta edição