app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Esportes

Marcelinho Carioca perto do Corinthians

A notícia de que o Corinthians Alagoano poderá ter em seu elenco o meia Marcelinho Carioca, ex-craque de clubes como Flamengo-RJ e Corinthias-SP, para a disputa do Campeonato Alagoano, parece não ter deixado os dirigentes do Tricolor da Via Expressa muito

Por | Edição do dia 31/01/2006 - Matéria atualizada em 31/01/2006 às 00h00

A notícia de que o Corinthians Alagoano poderá ter em seu elenco o meia Marcelinho Carioca, ex-craque de clubes como Flamengo-RJ e Corinthias-SP, para a disputa do Campeonato Alagoano, parece não ter deixado os dirigentes do Tricolor da Via Expressa muito entusiasmados. Pelo menos foi o que deixaram transparecer o patrono do clube alagoano, João Feijó, e o presidente, Eurico Beltrão, ontem, em entrevista à Gazeta. “Não estou animado”, afirmou João Feijó. “Não vejo muita motivação em relação à vinda do Marcelinho”, emendou Beltrão. Inclusive, Beltrão informou que só soube dessa notícia por meio das emissoras de rádio, no domingo. “Fiquei até surpreso”, afirmou. Que Marcelinho carioca seria uma grande atração para a competição, eles não têm dúvida alguma, mas o “pé atrás” está no fato de que os dirigentes do Tricolor querem, primeiro, tomar conhecimento dos detalhes da transação, sobretudo em relação ao retorno e às vantagens que o Corinthians terá com a vinda do craque. “Vamos nos reunir com o Eurico e o Alarcon [vice de futebol], para discutir esse assunto. Queremos saber que vantagem o clube terá”, explicou Feijó. “Se eu tenho vontade de trazer o jogador, digo que sim, pois se disser que não, estou mentindo, pois Marcelinho é um bom jogador e seria uma atração”, emendou. Custo zero Segundo Feijó, Marcelinho viria para o Corinthians a custo zero, ou seja, com salários bancados por uma empresa do Rio de Janeiro. O Tricolor só pagaria as despesas com passagem e um apartamento para o jogador. Além disso, ele teria contrato com o clube até 30 de junho. “Isso porque no dia 1º de julho inicia o calendário de transferências para o exterior. E o Marcelinho ficaria aqui até 30 de junho. Depois, seria liberado para o futebol do Japão ou da Coréia”, explicou Feijó, acrescentando que o atleta demonstrou interesse em vir para o clube. “Se der certo, ele poderá chegar ainda nesta semana”, disse. |FM

Mais matérias
desta edição