app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Esportes

Botafogo e Fla colocam bloco na rua

| LANCEPRESS Rio de Janeiro - Botafogo e Flamengo se enfrentarão no Maracanã, neste sábado de carnaval, às 16h, em busca da nota dez na Taça Rio, que seria a classificação para a final. Para isso, cada equipe usará da melhor forma o conjunto que possui.

Por | Edição do dia 25/02/2006 - Matéria atualizada em 25/02/2006 às 00h00

| LANCEPRESS Rio de Janeiro - Botafogo e Flamengo se enfrentarão no Maracanã, neste sábado de carnaval, às 16h, em busca da nota dez na Taça Rio, que seria a classificação para a final. Para isso, cada equipe usará da melhor forma o conjunto que possui. Pelo lado rubro-negro, o técnico Valdir Espinosa está ameaçado de perder o lugar na comissão, não a de frente, mas sim a técnica, caso o time não vença hoje. O Flamengo conquistou apenas uma vitória na competição, mesmo assim, contra o Americano, quando não valia mais nada para o time campista, já classificado para a seminifal da Taça GB. Para chegar à vitória, o time terá a volta do atacante El Tigre, que, com Luizão, forma uma dupla tão importante para o time quanto a de mestre-sala e porta-bandeira para uma escola de samba. Na zaga, o xerife Fernando, responsável pela harmonia da defesa, também está fora. O zagueiro tem uma lesão na coxa esquerda e será substituído por Ronaldo Angelim. O meia Diego Souza, novo titular do meio-de-campo flamenguista, espécie de coração do time, assim como a bateria, acredita que tudo pode mudar, caso o Flamengo vença o clássico. “Temos que manter a tranqüilidade. Se vencermos, tudo mudará”, afirmou Diego. Clima de desfile Já no Botafogo, o clima é de desfile das campeãs. Vencedor da Taça Guanabara, classificado para a segunda fase da Copa do Brasil e há cinco jogos invicto, o Fogão pega o Flamengo em clima de tranqüilidade. A boa fase do Alvinegro está sendo bastante comemorada por todos no clube. A goleada sobre o Operário-MS por 5 a 1 pela Copa do Brasil, após o frustrante empate com o Nova Iguaçu por 1 a 1, trouxe a motivação necessária para o time no clássico. Lucio Flavio e Zé Roberto, dois dos principais destaques da agremiação botafoguense, estão vivendo ótima fase. O atacante Dodô, assim como uma madrinha de bateria, vive um momento de admiração unânime no clube. Sem Thiago Xavier, suspenso, o técnico Carlos Roberto deverá escalar o polivalente Joílson, fazendo a contenção a zaga com Diguinho. Ruy, ainda com dores no tornozelo esquerdo, está praticamente fora. Com isso, Neném, que ainda não justificou sua contratação, terá mais uma chance na equipe. Resta agora, saber quem será a torcida que sambará por último na Avenida Maracanã, apoteose do futebol brasileiro. Botafogo - Lopes; Neném, Rafael Marques, Scheidt e Bill; Diguinho, Joílson, Zé Roberto e Lucio Flavio; Reinaldo e Dodô. Flamengo - Diego; Léo Moura, Ronaldo Angelim, Renato Silva e Juan; Jônatas, Diego Souza, Renato e Fellype Gabriel (Rodrigo Arroz) ; Ramírez e Luizão.

Mais matérias
desta edição