app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Esportes

Flamengo demite Espinosa ap�s trope�o

| PELÉ.NET A trajetória de Valdir Espinosa como técnico do Flamengo chegou ao fim no início da tarde de ontem. Em decisão da cúpula do futebol - e com apoio irrestrito do presidente Márcio Braga - o treinador foi demitido por causa da fraca campanha do t

Por | Edição do dia 04/03/2006 - Matéria atualizada em 04/03/2006 às 00h00

| PELÉ.NET A trajetória de Valdir Espinosa como técnico do Flamengo chegou ao fim no início da tarde de ontem. Em decisão da cúpula do futebol - e com apoio irrestrito do presidente Márcio Braga - o treinador foi demitido por causa da fraca campanha do time neste ano. “Saio daqui orgulhoso, por ter convivido com pessoas maravilhosas. Mas futebol é isso, e estou preparado para esse tipo de situação. O time vinha jogando bem. Daqui a dez anos não vou entender porque não estávamos vencendo”, completou o treinador, que deixou as entrevistas chorando, antes de se despedir do elenco. Em nove jogos sob o comando de Espinosa, o Rubro-Negro tem o aproveitamento de 37%, com duas vitórias, quatro empates e três derrotas. O treinador chegou à Gávea por volta de meio-dia e reuniu-se com Isaías Tinoco, Marcus Brás, Eduardo Manhães e Kleber Leite. Este último, vice de futebol do clube, teve participação preponderante na decisão. “Aqui no Flamengo pode tudo, menos não ganhar. Por isso optamos pela troca”, disse Kleber Leite. O dirigente não gostou do fraco rendimento da equipe, sobretudo por causa do planejamento traçado no início do ano. O Flamengo fez uma longa pré-temporada em Teresópolis e poupou a equipe titular nas duas primeiras rodadas do Estadual. Defesa fraca Mesmo assim, o time não demonstrou consistência defensiva - foram 21 gols sofridos em nove jogos - e o treinador tentou até soluções mirabolantes para resolver o problema. Primeiro, ele improvisou um zagueiro (Rodrigo Arroz) para proteger a zaga. Depois, puxou o lateral-direito do time de juniores, Felipe Dias, para executar a mesma função. Como a partida contra o América-RJ está próxima, o mais provável é que Andrade assuma a equipe interinamente. O auxiliar já executou a função seis vezes e chegou a dirigir o Flamengo no fim de 2005, mas acabou substituído por Joel Santana. Os dirigentes não quiseram falar sobre quem será o possível substituto de Valdir Espinosa, mas na Gávea o nome de Waldemar Lemos, irmão do técnico Osvaldo de Oliveira e que dirigiu o time em alguns jogos em 2003, é o preferido. “Buscamos um treinador que não esteja empregado e que conheça o Flamengo e o elenco. Esperamos anunciar o mais rápido possível o novo nome”, disse Kleber, reforçando o perfil de Waldemar Lemos. Madureira O estopim para a demissão do treinador foi a derrota de quinta-feira para o Madureira por 3 a 2, pela Taça Rio - 2º turno do Estadual. O Flamengo ocupa o segundo lugar de seu grupo, com quatro pontos. O presidente Márcio Braga, apesar de não interferir no comando do futebol, queria a saída do técnico. Espinosa já havia comandado o Flamengo em 1989 e 1990. O retrospecto também não foi animador. Em 38 jogos, o treinador conquistou 16 vitórias, 12 empates e dez derrotas.

Mais matérias
desta edição