app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Esportes

Fluminense e Vasco fazem cl�ssico de vida ou morte

| DA AGÊNCIA PLACAR Rio de Janeiro - Um clássico que promete agitar o Maracanã. Assim tem tudo para ser a partida entre Fluminense e Vasco, hoje, às 18h10, pela Taça Rio, 2º turno do Campeonato Estadual do Rio. E ingredientes não faltam para isso. Afinal

Por | Edição do dia 05/03/2006 - Matéria atualizada em 05/03/2006 às 00h00

| DA AGÊNCIA PLACAR Rio de Janeiro - Um clássico que promete agitar o Maracanã. Assim tem tudo para ser a partida entre Fluminense e Vasco, hoje, às 18h10, pela Taça Rio, 2º turno do Campeonato Estadual do Rio. E ingredientes não faltam para isso. Afinal, somente a vitória interessa aos dois times. Com três pontos, na terceira posição do Grupo A, o Flu precisa vencer para continuar sonhando com a vaga na semifinal. Já o Vasco, com quatro pontos, no Grupo B e um jogo a menos, sabe que o resultado positivo é fundamental para as suas pretensões. Pelo lado do Fluminense, Paulo Campos não vai poder contar com Petkovic. O meia, que já ficou de fora da partida contra o América, ainda está com dores no tornozelo esquerdo. Com isso, Bruno será mantido no meio. Outro desfalque é de Ângelo. Suspenso. Mesmo sem o principal jogador, o técnico tricolor está muito confiante. Porém, pediu total atenção com a equipe do Vasco, principalmente com Romário, Ramon, Morais e Valdiran. “Este quarteto do Vasco é muito perigoso. Temos de lutar e muito, pois a porta está aberta para uma classificação. Quero os meus jogadores alegres, tranqüilos e descansados para o clássico”, destacou. Ídolo Lenny sonha em ser o nome da partida entre Fluminense e Vasco. Curiosamente, o atacante vai se espelhar em Romário. O jogador tricolor não esconde de ninguém que tem o Baixinho como ídolo. “O Romário é um grande jogador. Ele é um ídolo da minha geração. O Baixinho é diferenciado. O que eu aprendi com ele, vou tentar colocar em prática na partida contra o Vasco”. Definido Já no Vasco, Renato Gaúcho tem o time definido, mas só vai divulgar momentos antes do jogo. A sua dúvida está no meio de campo, entre Osmar, Ramon e Ives, com mais chances para o primeiro. Roberto, que não enfrentou o Nova Iguaçu, volta a ser o titular. Cássio fica no banco de reservas. O mesmo acontece com o Capetinha Edílson. “Precisamos de qualquer maneira do bom resultado, assim como o Fluminense. Se vencermos o clássico, tenho certeza de que o Vasco vai embalar definitivamente na competição”, disse o treinador. Retrospecto As estatísticas dos confrontos entre Vasco e Fluminense são equilibradas, principalmente em se tratando de Estaduais. O time cruzmaltino supera o Tricolor se forem considerados os confrontos gerais, porém, nas disputas estaduais, os clubes têm o mesmo número de vitórias. No total, são 321 jogos, com 127 vitórias do Vasco contra 109 do Flu, e mais 85 empates. Já em Estaduais, ambos conseguiram 71 triunfos, com 53 igualdades no marcador. O time de São Januário marcou 485 vezes, enquanto o Tricolor fez 449 gols, no somatório de todos os confrontos. Fluminense - Fernando Henrique, Rissutt, Anderson, Thiago Silva e Jean; Marcão, Romeu, Bruno e Pedrinho; Lenny e Cláudio Pitbull. Vasco - Roberto, Claudemir, Jorge Luiz, Éder e Diego; Ygor, Osmar (Ives ou Ramon), Abedi e Morais; Valdiran e Romário.

Mais matérias
desta edição