app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Esportes

Franz Beckenbauer n�o cr� em Brasil e Alemanha na Copa

Londres - O alemão Franz Beckenbauer surpreendeu os torcedores de futebol pelo mundo afora ao apontar as seleções que, em sua opinião, são as favoritas para conquistar a Copa de 2002. Em entrevista à Rádio BBC, o ex-jogador e técnico da seleção alemã excl

Por | Edição do dia 21/05/2002 - Matéria atualizada em 21/05/2002 às 00h00

Londres - O alemão Franz Beckenbauer surpreendeu os torcedores de futebol pelo mundo afora ao apontar as seleções que, em sua opinião, são as favoritas para conquistar a Copa de 2002. Em entrevista à Rádio BBC, o ex-jogador e técnico da seleção alemã excluiu a Seleção de seu país e  os tetracampeões brasileiros do grupo de favoritos. Em compensação, o Kaiser colocou Camarões entre as equipes mais fortes do Mundial. “Acredito na França, Argentina, Camarões, Itália e Inglaterra. São estas as seleções favoritas para mim”, afirmou o dirigente do Bayern de Munique, campeão mundial pela Alemanha em 1974, como jogador, e em 1990, como treinador. Mesmo com a convincente vitória da seleção alemã no último sábado por 6 x 2 sobre a Áustria, Beckenbauer demonstra pessimismo com o desempenho de seus compatriotas na Copa do Mundo. “Temos que admitir que nossa equipe não está preparada para fazer uma boa campanha. E, além disso, os alemães estão deprimidos pelas derrotas de Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund nas finais das copas européias”, comentou. Beckenbauer participou de quatro Copas do Mundo, três como jogador (1966, 1970 e 1974) e uma como treinador (1990). Divide com Mário Zagallo o feito de ser a única pessoa na história do futebol a ter conquistado títulos mundiais como jogador e técnico. Atualmente, Beckenbauer divide seu tempo na direção do Bayern de Munique e na administração do comitê oficial da Copa do Mundo de 2006, que será realizada na Alemanha. Tunísia Depois de ter sido derrotada no sábado pela equipe japonesa do Oita Trinita (clube das divisões inferiores do país), por 2 a 1, a seleção da Tunísia decidiu cancelar o amistoso com a Argentina, que estava marcado para o próximo dia 22. O treinador da equipe justificou a decisão dizendo que não quer cansar demais os jogadores com uma longa viagem, já que os argentinos se recusaram a viajar para Kashihara (oeste do Japão). A Tunísia está no grupo H da Copa, com Japão, Bélgica e Rússia. A Argentina, no grupo F, o “Grupo da Morte”, com Nigéria, Inglaterra e Suécia.

Mais matérias
desta edição