app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

J�lio C�sar cobra sal�rios atrasados ao Flamengo

Rio de Janeiro - Depois de três dias de folga, os jogadores do Flamengo se reapresentaram na Gávea, ontem. Mas o clima no clube não é dos melhores. Com o presidente Edmundo dos Santos Silva correndo sério risco de sofrer impeachment e funcionários entrand

Por | Edição do dia 21/05/2002 - Matéria atualizada em 21/05/2002 às 00h00

Rio de Janeiro - Depois de três dias de folga, os jogadores do Flamengo se reapresentaram na Gávea, ontem. Mas o clima no clube não é dos melhores. Com o presidente Edmundo dos Santos Silva correndo sério risco de sofrer impeachment e funcionários entrando em greve geral por atraso de salários, dessa vez foi o goleiro Júlio César quem colocou mais lenha na crise rubro-negra. O jogador deixou claro que não agüenta mais os atrasos nos salários - a maioria dos atletas está há quatro meses sem receber - e resumiu a atual fase do Flamengo como delicada. “Não acertaram nada ainda. É triste. Saio de casa pra trabalhar e volto sem novidade. Pior é que ninguém dá satisfação. Vivemos um momento delicado”, disparou Júlio César, logo após o puxado treino físico. Ausente O único ausente do treino foi o meia Beto, que semana passada havia dito que não recebeu nenhum centavo nesse ano. Pior: teve que se desfazer de alguns bens para poder sobreviver. Pelo menos a situação de Júlio César parece um pouco melhor: “Ainda não me desfiz de bens, mas está difícil. Graças a Deus não estou passando por isso”.

Mais matérias
desta edição