app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Esportes

�rbitros n�o recebem h� sete rodadas

| FERNANDA MEDEIROS Repórter Os árbitros da Comissão Estadual de Arbitragem (Ceaf-AL) estão há sete rodadas sem receber o pagamento das taxas referentes aos jogos em que trabalharam neste Campeonato Alagoano. A categoria estava com 14 rodadas em atraso.

Por | Edição do dia 30/03/2006 - Matéria atualizada em 30/03/2006 às 00h00

| FERNANDA MEDEIROS Repórter Os árbitros da Comissão Estadual de Arbitragem (Ceaf-AL) estão há sete rodadas sem receber o pagamento das taxas referentes aos jogos em que trabalharam neste Campeonato Alagoano. A categoria estava com 14 rodadas em atraso. Na segunda-feira, eles receberam o valor de R$ 21.745, correspondente a sete rodadas, incluindo a do último domingo, e ficaram pendentes outras sete, no valor de cerca de R$ 21 mil. Os recursos são repassados pela Secretaria da Fazenda (Sefaz), graças à campanha Cidadão Nota 10, que permite ao torcedor trocar notas e cupons fiscais por ingressos dos jogos do Alagoano. Em contrapartida, a Sefaz, em parceria com a Secretaria Executiva de Esporte e Lazer (Seel), paga várias despesas dos jogos, entre elas, a arbitragem. Ontem, informações a que a Gazeta teve acesso davam conta que os árbitros poderiam fazer greve, ou seja, eles esperariam até o próximo domingo pelo pagamento dessas taxas, mas caso não fossem pagas, seria realizada uma paralisação. Sobre essa informação, o presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol de Alagoas (Sindafal), árbitro Flávio Feijó, afirmou que não procede. “Não há risco de paralisar o trabalho da arbitragem. Nunca se cogitou essa possibilidade. São informações que não passam de boatos”, declarou. Questionado se essa possível greve não poderia partir de atos isolados dentro da categoria, Feijó garantiu: “Não existe isso. A categoria está unida e ninguém vai fazer greve. Ontem [terça-feira] fizemos uma reunião e nada disso foi cogitado”, disse. O presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Raimundo Soares, afirmou que a FAF entregará a prestação de contas à Sefaz até terça-feira. “Quando isso ocorrer e a Sefaz repassar os recursos, pagaremos aos árbitros de imediato”, garantiu.

Mais matérias
desta edição