app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Esportes

Super Paulist�o: S�o Paulo em vantagem contra o Palmeiras

São Paulo - Em clima de despedida, São Paulo e Palmeiras entrarão em campo para decidir uma vaga na final do Supercampeonato Paulista. A partida acontece hoje, às 21h, no Estádio do Canindé. Dos 22 jogadores que começarão a partida (ainda existem dúvid

Por | Edição do dia 22/05/2002 - Matéria atualizada em 22/05/2002 às 00h00

São Paulo - Em clima de despedida, São Paulo e Palmeiras entrarão em campo para decidir uma vaga na final do Supercampeonato Paulista. A partida acontece hoje, às 21h, no Estádio do Canindé. Dos 22 jogadores que começarão a partida (ainda existem dúvidas na escalação dos 11 titulares de cada equipe), a maioria pode não continuar em seu respectivo clube após a eliminação no torneio interestadual. Pelo lado do São Paulo, nove possíveis titulares devem deixar o clube após a competição, independentemente da conquista do título. Roger, Gabriel, Émerson, Gustavo Nery, Maldonado, Adriano, Lúcio Flávio, Dill e Reinaldo. Alguns serão negociados e outros serão devolvidos aos seus clubes de origem. No Palmeiras, a situação não muda muito. Além dos atletas que já deixaram o clube antes do Super Paulistão, casos de Alex, Galeano, Fernando e Adalto, outros estão entre os dispensáveis do Verdão. Sérgio e Christian encabeçam a lista, onde Claudecir também deve ser incluído. Por isso, a reformulação é certa após o fim do estadual. “Promovemos seis jogadores do Palmeiras B, dispensamos outros atletas e agora daremos início à segunda fase do projeto”, afirmou o técnico Wanderley Luxemburgo. A diretoria do São Paulo não pensa diferente. Com a chegada do técnico Oswaldo de Oliveira, o clube pretende uma mudança radical. Por isso, o treinador espera apenas o final do Super Paulistão (está servindo de laboratório) para definir o grupo do segundo semestre. Por enquanto, o Palmeiras está mais perto do início da reformulação. O São Paulo, que venceu a primeira partida por 2 x 0, pode até perder por um gol de diferença para ir à final. Já o Verdão precisa vencer por três gols. Se o placar se repetir a favor do alviverde, a vaga será definida nos pênaltis. Dúvidas Os dois técnicos devem manter a mesma escalação do primeiro confronto, que aconteceu no último domingo, em São Caetano do Sul. Oswaldo de Oliveira tem duas dúvidas no São Paulo. Gabriel (recuperando de contusão) e Émerson podem entrar na equipe. Com isso, Rafael e Reginaldo iriam para o banco de reservas. Já Wanderley Luxemburgo escolhe entre os atacantes Christian e Itamar o companheiro de Muñoz. São Paulo: Roger; Rafael (Gabriel), Jean, Reginaldo (Émerson), Gustavo Nery; Maldonado, Fábio Simplício, Adriano e Lúcio Flávio; Dill e Reinaldo. Palmeiras: Sérgio; Taddei, Alexandre, César e Misso; Paulo  Assunção, Célio, Magrão, Lopes;  Muñoz e Christian (Itamar).

Mais matérias
desta edição