app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5752
Esportes

Jogadores alagoanos tentam carreira em grandes clubes

Cinco jogadores produzidos em Alagoas estão tentando trilhar uma carreira promissora em clubes de ponta do Brasil. Jovens como Edil Xavier, 14, João Victor, 13, Ítalo Jorge, 13, Everson Santos, 14, e Bruno Gomes, 14, que foram revelados no Oficina de Craq

Por | Edição do dia 08/10/2006 - Matéria atualizada em 08/10/2006 às 00h00

Cinco jogadores produzidos em Alagoas estão tentando trilhar uma carreira promissora em clubes de ponta do Brasil. Jovens como Edil Xavier, 14, João Victor, 13, Ítalo Jorge, 13, Everson Santos, 14, e Bruno Gomes, 14, que foram revelados no Oficina de Craques, equipe que participa do Campeonato Infantil do Sesi/TV Gazeta, estão defendendo, atualmente, as cores do Cruzeiro de Belo Horizonte-MG e do Internacional-RS. O meia-atacante Edil está no clube mineiro há dois anos. Morava no bairro de Santo Amaro, em Maceió, onde hoje residem os pais. Edil jogava no Oficina de Craques e chegou a ser rejeitado pelo rival da Raposa, o Atlético. Depois retornou a Maceió, onde foi feita uma seleção e ele acabou sendo aprovado para o Cruzeiro. |FM ### Investimento é alto e de grande risco Além do percentual a que tem direito quando o jogador for negociado, caso ele venha assinar contrato profissional, o Oficina de Craques recebe 10% do valor do salário do atleta, “a título de administração de carreira”, segundo explicou Pedro de Grandi. De acordo com o dirigente, o investimento é alto e é um negócio de alto risco. “Por isso a maioria dos clubes não quer fazer, pois o retorno é a longo prazo”, justifica. FM ///

Mais matérias
desta edição