app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5656
Esportes Fluminense encontrou dificuldades e levou um vareio na final do Mundial de Clubes 2023

Flu sofre goleada do Manchester City e é vice do Mundial

Tricolor leva gol aos 40 segundos do primeiro tempo e não aguenta pressão dos Sky Blues na etapa final

Por Gazeta Esportiva | Edição do dia 23/12/2023 - Matéria atualizada em 23/12/2023 às 04h00

O Fluminense não conseguiu acabar com a hegemonia dos europeus no Mundial de Clubes. Nessa sexta-feira, o Tricolor Carioca foi goleado por 4 a 0 para o Manchester City, que ficou com o título da competição, na Arábia Saudita.

Os ingleses abriram o placar logo aos 40 segundos, com Julian Álvarez. Ainda na etapa inicial, o City ampliou após gol contra de Nino. No segundo tempo, Foden e Julian Álvarez decretaram o placar na grande decisão para levantarem a taça pela primeira vez.

O JOGO

O Fluminense viu o Manchester City abrir o placar logo com 40 segundos. Marcelo errou passe na saída de bola e viu Aké acertar a trave. Julian Álvarez pegou o rebote e mandou de peito para a rede.

O Fluminense foi obrigado a avançar após o revés. Os tricolores tiveram um pênalti assinalado, mas anulado por impedimento de Cano no lance. Só que aos poucos, o City voltou a ter o controle do jogo e ampliou aos 26 minutos. Foden foi lançado na área e tentou o cruzamento. Nino se esticou, mas acabou mandando para a rede.

No segundo tempo, o Manchester City quase ampliou aos dois minutos. Foden chutou, Fábio espalmou e Bernardo Silva pegou o rebote de cabeça. No entanto, o goleiro tricolor se recuperou para impedir o gol.

O City continuou com o domínio da partida com o passar do tempo. Os ingleses tinham a posse de bola e impediam qualquer reação do Fluminense. A consequência disso foi o terceiro gol dos europeus, aos 26 minutos. Julian Álvarez cruzou e Foden apareceu para empurrar para a rede.

Mesmo com o novo revés, o Fluminense seguiu em busca do gol. Os cariocas quase marcaram aos 34 minutos, em chute de John Kennedy que Ederson fez a defesa.

Na parte final, o Manchester City não diminuiu o ritmo e foi premiado com o quarto gol aos 42 minutos. Julian Álvarez recebeu passe na área e mandou para a rede, dendo números finais à final.

Mais matérias
desta edição