app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Esportes Em 2023, o clube marujo também precisou superar o mata-mata para alcançar a fase de grupos da Copa do Nordeste

CSA estreia na temporada em duelo com o Iguatu-CE, pelo Pré-Nordestão

No Estádio Rei Pelé, Azulão precisa da vitória para alimentar sonho de alcançar a fase de grupos

Por Guilherme Nobre | Edição do dia 06/01/2024 - Matéria atualizada em 06/01/2024 às 04h00

Foram praticamente cinco meses de espera para o torcedor azulino. Finalmente, neste sábado (6), às 19h, o CSA entra em campo pela Pré-Copa do Nordeste. O desafio decisivo será contra o Iguatu-CE, no Estádio Rei Pelé.

O embate é recheado de tensão, pois vale uma vaga na 2ª fase, a última antes dos grupos. Fora isso, é decidido em partida única. O vencedor estará classificado para a próxima chave. Em caso de empate, a decisão da vaga será nos pênaltis.

A temporada 2023 do CSA foi um desastre. Para o novo ano, houve uma reformulação de quase 100% do elenco, além da chegada de uma nova diretoria e uma nova comissão técnica.

Diferente do Azulão, o Iguatu teve um 2023 razoável. No Campeonato Cearense, ficou em 3º e conquistou o Troféu do Interior. Na Copa do Brasil, caiu apenas na 2ª fase, para o Santos. Para 2024, houve a manutenção do técnico Washington Luiz.

CSA

O CSA precisou modificar praticamente todo o elenco. O único remanescente é o jovem Almir Luan, que deve começar no banco de reservas. Na comissão técnica saiu Marcelo Cabo e chegou o jovem Rogério Corrêa.

E Rogério optou por fazer um trabalho sigiloso neste primeiro mês. Por isso, há dúvidas referentes ao time que deve entrar em campo. Em um primeiro momento, a proposta deve ser manter um esquema com três atacantes, sendo dois homens velozes pelas pontas.

Já a briga no gol parece ter tido fim, com Deivity largando na frente como titular. A dúvida é se o volante Jean Cléber, recém-contratado, pode estar entre os 11 inicias. Sua questão física põe a presença dele em dúvida.

O único que tem a presença descartada é o atacante Niltinho. O CSA deve enfrentar o Iguatu com Deivity; Lucas Marques, Eduardo Biazus, Jean Pierre e Ricardo Sena (Kevin); Marlon, Jean Cléber (Pedro Favela) e Gustavo Xuxa; Douglas Skilo, Marquinhos (Rômulo) e Popó.

IGUATU-CE

O Iguatu é um clube novo no cenário nordestino. Fundado em 2010, também leva o apelido de Azulão. Vem de bons resultados dentro do seu estado, principalmente com estabilidade na 1ª Divisão.

Para disputar seu primeiro torneio regional, o Azulão cearense viajou com antecedência para Maceió e treinou nessa sexta-feira (5). No elenco mantiveram-se alguns atletas, como Guidio, Tiaguinho e Otacílio.

Também chegaram novidades, como o experiente goleiro Mauro Iguatu, o atacante William Anicete e meio-campista Juninho Paraíba. Mesmo com apenas 20 dias de preparação, os cearenses ainda realizaram um amistoso com o Atlético de Cajazeiras-PB, que terminou 2x2.

O técnico Washington Luiz deve manter um padrão, com a equipe mais fortalecida na marcação. O Iguatu deve atuar com Geferson (Mauro Iguatu); André Mascena, Ueslei, Max Oliveira e Fernando Ceará; Guidio, Diego Viana e Esquerdinha (Juninho Paraíba); Pedrinho (Anicete), Tiaguinho e Dentinho.

ARBITRAGEM

Fabio Augusto Santos (CBF/SE) apita a partida no Trapichão. Vanessa Azevedo (CBF/SE) e Rodrigo Guimarães (CBF/SE) serão os assistentes, enquanto Wiomar Santana de Oliveira (CBF/AL) é o quarto árbitro.

Mais matérias
desta edição