app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Esportes Curiosamente, Ferrão e ASA duelaram na 1ª fase da Pré-Copa do Nordeste 2023. Os cearenses acabaram vencendo nos pênaltis, após empate por 1x1 no tempo normal

ASA decide futuro na Pré-Copa do Nordeste contra o Ferroviário-CE

Fantasma disputa sua primeira partida oficial de 2024 no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE

Por Guilherme Nobre | Edição do dia 06/01/2024 - Matéria atualizada em 06/01/2024 às 04h00

A temporada do ASA vai iniciar com um páreo duro. Neste sábado (6), o encontro será com o Ferroviário-CE, na 1ª fase Pré-Copa do Nordeste. O embate acontece no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE. Além de marcar a estreia oficial das equipes em 2024, vale uma vaga na próxima chave do torneio.

A fórmula da Pré-Copa do Nordeste coloca os clubes se enfrentando em partida única. O vencedor avança e o derrotado é eliminado. Em caso de igualdade no placar, o classificado será conhecido nos pênaltis.

PANORAMA

Curiosamente, Ferrão e Fantasma se enfrentaram nesta mesma fase na temporada passada. Melhor para os cearenses, que venceram nos pênaltis, após empate por 1x1 no tempo normal. Um ano depois, o Alvinegro chega com mudanças, principalmente na comissão técnica, que é comandada por Leandro Sena.

Por outro lado, o Ferroviário viveu um 2023 mágico. Além de ter alcançado a fase de grupos da Copa do Nordeste, também conquistou o Campeonato Brasileiro da Série D pela 2ª vez na história. Devido a isso, manteve boa parte do time campeão.

ASA

O ASA foi o primeiro clube alagoano a começar sua pré-temporada, ainda no fim de novembro de 2023. Com isso, obteve um tempo favorável para preparar sua equipe.

O técnico Leandro Sena teve a oportunidade de testar o elenco em quatro amistosos. O saldo foi positivo, com três vitórias e apenas uma derrota. Ademais, conseguiu montar um possível time titular para enfrentar os cearenses.

Mesmo com dúvida, Sena tem o retorno do centroavante Júnior Viçosa, recuperado de lesão. Porém, ele deve começar no banco de reservas. Quem é dúvida é o volante Zé Wilson, que provavelmente não está em campo. Wescley, por outro lado, está fora, tal como o zagueiro Cris Lucca.

A maior dúvida do treinador é justamente no meio-campo, que deve contar com quatro jogadores. Wemerson e Anderson Feijão concorrem diretamente por uma vaga, um pouco mais adiantados. Colina, que vem de uma atuação ruim contra o Confiança-SE, pode ter sua vaga ameaçada pelo meia Romário ou pelo atacante Alison Araçoiaba.

A provável escalação do ASA para enfrentar o Ferrovário é: Bruno Pianissola; Paulinho, Roni Lobo, Rômulo e Gabriel Feliciano; Allef, Colina (Romário ou Alison Araçoiaba), Didira, Wermerson (Anderson Feijão); Iago e Gilvan (Júnior Viçosa).

FERROVIÁRIO-CE

O Ferrão está em lua de mel com o torcedor, mas isso não tira o foco dos objetivos para 2024. Após o título da Série D, o clube cearense perdeu o técnico Paulinho Kobayashi e contratou Matheus Costa, ex-Operário Ferroviário-PR.

Na pré-temporada, o Tubarão fez apenas dois amistosos. No primeiro, bateu o Potiguar de Mossoró-RN por 1 a 0 e depois empatou com o Horizonte-CE, por 1 a 1. Em termos de desempenho, a equipe ficou um pouco abaixo.

Apesar disso, a equipe se movimentou bastante no mercado, contratando atletas como o lateral-esquerdo Ernandes (ex-CSA), o goleiro Geaze (ex-Santa Cruz) e o zagueiro William Rocha (ex-CSA).

No início de trabalho, Matheus Costa vem priorizando uma basetitular utilizando o esquema 4-4-2. A principal fonte técnica do Ferroviário é o ex-alvinegro Ciel, que pode jogar tanto como homem mais adiantado no ataque, quanto pelas pontas. Já a defesa deve ser formada pelo experiente William e pelo jovem Henrique Vermudt ou Matheus Mega.

Com Rafael Chorão disponível para o meio, o Ferroviário deve encarar o ASA com: Douglas Dias, Wesley, Henrique Vermudt (Matheus Mega), William Rocha e Daniel Vançan; Lincoln (Soares), César Sampaio, Tarcísio e Rafael Chorão (Vinícius Alves); Gabryel e Ciel.

ARBITRAGEM

O dono do apito será o experiente Paulo José Souza Mourão (CBF/MA), com assistências dos bandeirinhas Elson Araujo da Silva (CBF/MA) e Ivanildo Gonçalves da Silva (CBF/MA). O quarto árbitro é o cearense Renato Pinheiro (CBF/CE).

Nesta fase da Copa do Nordeste, não há presença do árbitro de vídeo, que será implementado apenas nas fases finais.

Mais matérias
desta edição