app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Franz Beckenbaur morreu no domingo (7) enquanto dormia, segundo comunicado emitido pela família do ex-jogador

Lenda do futebol da Alemanha, Franz Beckenbauer morre aos 78 anos

Zagueiro fez história pela Seleção Alemã e Bayern München

Por Lance! e Metrópoles | Edição do dia 09/01/2024 - Matéria atualizada em 09/01/2024 às 04h00

O ex-zagueiro alemão Franz Beckenbauer morreu no domingo (7), aos 78 anos. Ele foi campeão das Copas do Mundo de 1974, como jogador, e 1990, como treinador da Alemanha.

A família de Beckenbauer emitiu um comunicado divulgado pela imprensa alemã, sem muitos detalhes. O pronunciamento feito nessa segunda-feira (8) apenas informou que o ídolo alemão morreu enquanto dormia.

“É com profunda tristeza que anunciamos que meu marido e nosso pai, Franz Beckenbauer, faleceu pacificamente enquanto dormia ontem, domingo, cercado por sua família. Pedimos que possamos lamentar em silêncio e nos abster de qualquer pergunta”, diz a nota.

O alemão encerrou sua carreira no Cosmos, time dos Estados Unidos. Por lá, jogou ao lado de Pelé e outras lendas do futebol mundial, como Carlos Alberto Torres e Eusébio. Na temporada de 1977, o time foi campeão da NASL, liga nacional do país.

Beckenbauer é o maior ídolo do futebol alemão e considerado um dos principais zagueiros da história do futebol. O ex-jogador esteve presente nas Copas de 1966, 1970 e 1974, atuando em campo. Além disso, fez carreira como treinador da seleção nacional e esteve à beira do campo em 1986 e 1990.

QUEM ERA

Ex-zagueiro, o alemão se eternizou como um dos melhores defensores da história do futebol e um dos três nomes a vencer uma Copa do Mundo como atleta e treinador.

Nascido em 1945 na cidade de Munique, Alemanha, ele se tornou ídolo do grande clube da metrópole, Bayern de Munique, onde foi multicampeão como jogador e técnico.

Além da equipe de sua cidade natal, o “Der Kaiser”, como era conhecido na Alemanha, conquistou a idolatria no seu país após vencer uma Eurocopa inédita, em 1972, e uma Copa do Mundo, em 1974.

Ainda na Seleção Alemã, Beckenbauer se eternizou, ao lado de Deschamps e do alagoano Zagallo, falecido na última sexta-feira (5), como um dos únicos três nomes do futebol mundial a vencer uma Copa do Mundo como jogador e treinador. Os grandes feitos lhe renderam justamente o apelido de "Der Kaiser", que na tradução literal seria "O Imperador".

No comando técnico da equipe nacional da Alemanha, o ex-zagueiro venceu o Mundial de 1990.

Além do seu histórico irretocável pelo Bayern de Munique e pela seleção, Beckenbauer ainda atuou pelo Hamburgo, da Alemanha, e New York Cosmos, dos Estados Unidos.

Como treinador, Franz Beckenbauer também teve passagem pelo Olympique de Marseille, onde venceu um Campeonato Francês. Após se aposentar dos gramados, ocupou ainda cargos na Federação Alemã e na Fifa.

Mais matérias
desta edição