app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5656
Esportes Zagueiro Heron, de apenas 23 anos e que jogou no Atlético-GO, é mais um reforço do CRB para os desafios que o Galo terá na temporada 2024

Direção do CRB fecha com o zagueiro Heron para esta temporada

Jogador já está treinando no CT Ninho do Galo com os demais companheiros de equipe, visando ao início do Alagoano

Por Fernanda Medeiros | Edição do dia 13/01/2024 - Matéria atualizada em 13/01/2024 às 04h00

As novidades em relação à contratação de reforços estão a todo vapor no CRB. O mais recente é o zagueiro Heron, que fechou com o Galo, já treina no clube e deverá ser anunciado oficialmente a qualquer momento.

Heron tem apenas 23 anos de idade e jogou no Atlético-GO, na Série B do Brasileiro de 2023. No clube goiano, ele atuou em 30 partidas. Também defendeu as cores do Goiás e do Sheriff, da Moldávia. Além da zaga, o jogador também pode atuar pela lateral esquerda.

O novo defensor regatiano é uma reposição para a saída de Ramon Menezes, que acabou aceitando a proposta para ir jogar no Ceará. O Galo agora conta com quatro zagueiros em seu elenco. São eles: Saimon, Fábio Alemão, Heron e Gustavo Henrique.

Pode-se dizer que o CRB tem uma "parceria" com o Atlético-GO, tendo em vista que Heron é mais um jogador vindo do Dragão. Antes dele, já vieram para o Galo Léo Pereira (atacante) e Ramon Menezes (este que já saiu do Alvirrubro). Além disso, a direção regatiana emprestou Guilherme Romão justamente para o clube goiano, até o fim de 2024.

Dentro de campo, os jogadores regatianos treinaram pela manhã, nessa sexta-feira (12), no CT Ninho do Galo, dando continuidade à preparação para a estreia no Campeonato Alagoano, que será contra o Penedense, no próximo dia 20, às 16 horas.

WELDER E VITINHO

O CRB apresentou oficialmente mais dois jogadores recém-contratados, na tarde dessa sexta (12), no CT Ninho do Galo: o centroavante Welder e o lateral-esquerdo Vitinho. Ambos, inclusive, concederam entrevista coletiva.

Welder já jogou no Campeonato Mato-Grossense e já vinha sendo monitorado pelo Galo, há algum tempo. Também jogou no Jacuipense e, no ano passado, defendeu as cores do Vitória-BA. Ele afirmou que chega ao CRB com a mesma vontade com a qual jogou no time baiano e comentou sobre a pressão que teve no Vitória, a mesma que deverá sofrer no Galo, por parte da torcida regatiana.

"Fico muito feliz pela honra de estar vestindo a camisa do CRB. Fico muito feliz com o convite para poder estar brigando pelo acesso. Esse é o objetivo mais importante do ano. Sobre a pressão, jogador vive de pressão. A gente não pode deixar isso pesar, tirar o foco. A gente sabe que é um objetivo importante buscar o acesso para a Série A, mas tenho certeza que a diretoria está trabalhando, o trabalho está sendo bem feito, com a ideia da comissão (do acesso) e os jogadores também comprando essa ideia”, disse.

"Todo mundo que já jogou uma Série B sabe que é uma competição equilibrada, todo jogo é difícil, fora de casa, dentro de casa. Então, é estar trabalhando para poder dar o máximo nos jogos e poder estar somando, desde o começo, os três pontos", disse, por sua vez, o lateral Vitinho, que jogou no Sampaio Corrêa, na Série B do ano passado.

Mais matérias
desta edição