app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5647
Esportes No ano passado, Pep Guardiola conquistou seu quarto título mundial como treinador do Manchester City

Manchester City pode ser punido e rebaixado na Premier League

Ingleses enfrentam acusações de violações em relação às regras do Fair Play Financeiro

Por Lance! | Edição do dia 19/01/2024 - Matéria atualizada em 19/01/2024 às 04h00

O Manchester City pode estar prestes a sofrer punições pesadas. Os ingleses enfrentam acusações de violações em relação às regras do Fair Play Financeiro há cerca de cinco anos, e devem ser julgados nas próximas semanas. Entenda a situação dos mancunianos.

A Premier League acusa os Citizens de omitir informações financeiras precisas em relação às suas contas, além de violar as regras de lucratividade e sustentabilidade (PSR) da liga. As supostas irregularidades estão relacionadas com o dono do clube, o qatari Sheikh Mansour, que nega ter cometido infrações.

A história começou em 2018, quando o jornal “Der Spiegel” divulgou possíveis aportes diretos de Mansour ao City, o que não é permitido. Através de outros investimentos, o administrador teria acobertado o valor gasto com investimentos, assim burlando as regras da Uefa.

Após meses de investigação, a entidade máxima do futebol europeu suspendeu os Citizens de jogar competições continentais em fevereiro de 2020, anulando a decisão meses depois. Em fevereiro de 2023, porém, vieram as acusações da Premier League, que envolvem 115 infrações de regras traçadas pela liga inglesa.

A punição mais provável é a dedução de pontos no Campeonato Inglês, mas existe também a possibilidade de uma queda para a segunda divisão nacional. O Everton, comandado pela 777 Partners - mesma empresa que administra o Vasco -, já enfrentou uma perda de dez pontos nesta temporada, e está a apenas um ponto de entrar na zona do rebaixamento.

Na história da Premier League, apenas outros dois clubes, além dos Toffees, foram punidos com perdas de pontos: o Middlesbrough foi deduzido em três pontos, em 1996-97, por não disputar uma partida contra o Blackburn; e o Portsmouth, em 2010, perdeu nove pontos ao entrar em concordata. Ambos foram rebaixados ao fim das temporadas.

O jornalista Simon Stoney, da "BBC", afirmou que já há uma data definida para o julgamento do City, que será feito por uma comissão independente, mas a Premier League, até o momento, não informou nada com exatidão.

Mais matérias
desta edição