app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Esportes Azulão fez mais uma partida com baixo desempenho técnico, mas conseguiu marcar dois gols no segundo tempo para voltar aos caminhos da vitória

Na estreia pela Copa Alagoas, CSA derrota o Coruripe no Gerson Amaral

Com time reserva, Azulão encontra dificuldades, mas consegue resultado com gols de Rafinha e Jeffinho

Por Guilherme Nobre | Edição do dia 01/02/2024 - Matéria atualizada em 01/02/2024 às 04h00

Teve sofrimento, mas o CSA conseguiu estrear na Copa Alagoas com o pé direito nessa quarta (31). No Gerson Amaral, em Coruripe, a vitória foi apertada contra o Coruripe, dono da casa, por 2 a 0. Os gols foram de Rafinha e Jeffinho, ambos no segundo tempo.

O duelo foi válido pela 1ª rodada da competição. E a curiosidade ficou por parte das equipes, que entraram em campo com jogadores considerados reservas, em sua maioria.

O resultado colocou o Azulão direto na liderança do Grupo B, ao lado do Murici, ambos com três pontos. Por outro lado, o Hulk fica na lanterna do Grupo A, ao lado do CSE.

Sem muito tempo para descansar, o CSA já encara o CSE, neste domingo (4), no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O encontro será válido pela 2ª rodada da Copa Alagoas. Já o Coruripe terá seu primeiro desafio como visitante, neste sábado (3), contra o Desportivo Aliança. O embate ainda não tem local definido.

COMO FOI

Mesmo com um time alternativo, o CSA partiu para cima do Hulk, que preferiu se defender nos primeiros minutos. Porém, os ataques não funcionaram logo de cara. Na primeira chance, logo com 1min, Max experimentou de fora e Yuri encaixou. O Azulão só atacou com perigo aos 8min, quando Carlos Bruno defendeu batida de falta.

Quem acertou a finalização foi Tiago Marques. Com 28min, Igor Dutra cruzou para o atacante, que resvalou de cabeça e Carlos segurou. Aos 30 minutos, Marcinho acertou mais um lançamento na área e Almir Luan cabeceou com muito perigo.

Já na reta final, aos 44 minutos, Marcinho tentou de longe e novamente a bola passou perto. Apesar da pressão, o placar se manteve: Coruripe 0x0 CSA.

Na volta do intervalo, apenas o Coruripe mudou. Contudo, o CSA atacou com perigo. Com 4min, Skilo cortou a defesa alviverde e bateu firme, direto na trave de Carlos Bruno.

O Hulk respondeu. Wellington Petuba venceu a marcação após o lançamento e chutou cruzado com perigo, assustando o goleiro Yuri Sena. Com 8 minutos, Dudé também tentou, mas o chute saiu mascado e novamente o goleiro azulino segurou.

A partida seguiu mascada e as equipes pouco produziam para balançar as redes. Com 30min, porém, o CSA teve uma chance de ouro na bola parada, próximo da grande área. Para a cobrança da falta, Rafinha se prontificou e aproveitou o mal posicionamento de Carlos Bruno para colocar o CSA na frente: 1 a 0.

O gol aliviou a pressão sob Marcelo Cabo. Contudo, com 35min, Gabriel Mancha quase empatou com belo chute de fora. Porém, nem isso incomodou o CSA, que aos 38 minutos novamente chegou com perigo. Jeffinho recebeu passe na área, tirou bem e bateu para fazer 2x0.

Mais matérias
desta edição