app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5647
Esportes Festa alvinegra: jogadores do ASA comemoram o primeiro gol da equipe, assinalado por Júnior Viçosa, no primeiro tempo

Em Arapiraca, ASA bate CSA por 2x0; Azulão perde a terceira seguida

Alvinegro vence com gols de Júnior Viçosa e Allef, um em cada tempo da partida no Coaracy da Mata

Por Fernanda Medeiros | Edição do dia 08/02/2024 - Matéria atualizada em 08/02/2024 às 04h00

/Festa alvinegra: jogadores do ASA comemoram o primeiro gol da equipe, assinalado por Júnior Viçosa, no primeiro tempo

A noite dessa quarta-feira (7) para o torcedor azulino é para ser esquecida e lamentada. Em jogo no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, o CSA decepcionou mais uma vez a sua torcida, ao perder para o ASA, por 2 a 0. A partida foi válida pela 4ª rodada do Campeonato Alagoano é Massa.

Os gols do ASA no confronto foram de Júnior Viçosa, no primeiro tempo; e de Allef, na etapa final. Com este resultado, o time azulino soma 6 pontos, ocupando agora a 4ª colocação na tabela. Além disso, essa foi a terceira derrota seguida do Azulão (Alagoano e Copa Alagoas). Enquanto isso, a equipe alvinegra é a 2ª colocada na competição, com 7 pontos.

Após este jogo, o Azulão vai enfrentar o Murici pelo Campeonato Alagoano, no Estádio José Gomes da Costa, no sábado (17), às 16 horas. E o ASA, por sua vez, tem confronto com o Penedense, no Alfredo Leahy, um dia depois, no domingo (18), também às 16 horas.

O JOGO

A defesa do CSA parecia estar perdida em campo. Aos 4 minutos, o time quase sofreu o gol. Paulinho aproveitou a inversão de jogo na área azulina, apareceu livre nas costas da zaga e cabeceou, vendo a bola bater no travessão.

Se o gol alvinegro não saiu nesse momento, surgiu aos 8 minutos. Na cobrança de escanteio de Anderson Feijão, Didira recebeu no bico da grande área, mandou na segunde trave e Júnior Viçosa só fez cabecear: 1 a 0.

Chegando aos 15 minutos, o que se via era que o CSA seguia lento no campo defensivo. Aos 17', em tentativa azulina, Kevin recebeu na linha de fundo, deu um lindo corte em Paulinho e cruzou rasteiro, mas a defesa alvinegra afastou o perigo.

O Azulão aos poucos chegava, mas era muito pouco, sem assustar o Alvinegro. Aos 22min, Alisson Farias recebeu no bico da grande área, chutou firme de perna direita, mas a bola foi por cima do gol. Aos 38', o ASA respondeu com Anderson Feijão. Ele levantou na área, Roni Lobo fechou bem e testou para baixo, mas Deivity salvou o CSA, impedindo o segundo gol alvinegro.

O CSA voltou para o segundo tempo com duas modificações e começou com a posse de bola; já o Alvinegro se retraiu mais.

E, aos 13’, veio mais um castigo para o CSA, o segundo gol do ASA. Keliton avançou em contra-ataque, acionou Allef, que só tocou na saída de Deivity: 2 a 0.

Aos 20 minutos, o CSA teve uma cobrança de escanteio. Marcinho bateu, a defesa do ASA cortou parcialmente e Anderson Feijão tirou o perigo dali. O time azulino seguia perdido, atordoado em campo.

O Azulão teve uma falta em seu favor aos 29min, Valoura foi para a cobrança, mas a bola carimbou a barreira do ASA. O jogo ia passando, e o CSA se complicava mais ainda em campo.

O jogo chegava aos 40 minutos e nada de o CSA reagir; e seu técnico, Marcelo Cabo, estava completamente desolado. O árbitro deu 5 minutos de acréscimos e o time azulino ainda tentava alguma coisa em campo, no desespero. Aos 46', Rafinha foi acionado na segunda trave, tentou finalizar, mas foi pego em impedimento.

E, aos 50min, fim de jogo no Coaracy da Mata, com a grande festa da torcida alvinegra com a vitória por 2 a 0.

Mais matérias
desta edição