app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Esportes Presidente do CSA, Rafael Tenório está na bronca com o time do CSA e promete tomar algumas medidas a fim de mudar esse quadro no clube

CSA: Tenório diz que não trará mais reforços e que tomará medidas

Segundo presidente azulino, todas as condições estão sendo dadas aos profissionais do clube

Por Fernanda Medeiros e Guilherme Nobre | Edição do dia 09/02/2024 - Matéria atualizada em 09/02/2024 às 04h00

A má campanha do CSA nesta temporada, tanto no Campeonato Alagoano como na Copa Alagoas, tem deixado o torcedor azulino chateado e decepcionado com o time. E com a diretoria maruja tal decepção não é diferente, sobretudo por parte do presidente Rafael Tenório.

Em entrevista ao ge, nessa quinta (8), o mandatário azulino disse que cobranças mais duras precisam ser feitas ao elenco e, por causa disso, será realizada uma reunião entre a diretoria, a comissão técnica e o Departamento de Futebol, pois, segundo ele, todas as condições estão sendo dadas ao elenco e demais profissionais do futebol.

“Medidas terão que ser tomadas. Nós vamos conversar, temos uma reunião, e precisamos saber o que está acontecendo. A gente não tem explicação. Todas as condições foram dadas, a equipe foi montada, jogadores conhecidos, comissão técnica boa, mas não está dando o que a gente precisa, que é o resultado”, disse.

Ele ainda falou que não pretende fazer novas contratações e que é preciso haver uma mudança de atitude: “Hoje, o CSA só tem duas inscrições para fazer no campeonato (Alagoano). Precisamos fazer com que esses resultados apareçam. Só tem uma coisa a fazer: mudar de atitude para os resultados aparecerem”.

Rafael reforçou que todas as condições de trabalho estão sendo oferecidas aos profissionais do clube. “Não tem explicação! O que precisa ser feito, está sendo feito. Condições de trabalho boas, salário pago, não tem nada faltando. O resultado não está vindo.... Não podemos aceitar uma equipe como o CSA na quarta rodada do Estadual estar em quarto lugar. Não tem explicação, isso é inaceitável e vamos corrigir”.

Vale lembrar que o CSA é o 4º colocado no Alagoano, com apenas seis pontos em quatro jogos. Na quarta (7), o time comandado por Marcelo Cabo perdeu para o ASA, em Arapiraca, por 2 a 0. Faltando apenas três jogos para o fim da 1ª fase do Estadual, o Azulão tem dois confrontos fora de casa, contra Murici e CSE; e um em seus domínios, contra o Penedense.

DISPENSA

A barca azulina ganhou mais um integrante. Na manhã dessa quinta (8), o CSA anunciou a quebra de contrato com o meia Caio Vitor. O vínculo com o jogador era de empréstimo até o fim do ano, mas as partes optaram por antecipar o encerramento.

Caio foi contratado em 2023, cedido pelo Volta Redonda e com indicação do técnico Rogério Corrêa. Porém, com a saída do treinador e a chegada de Cabo, ele acabou perdendo espaço entre os titulares. A curta passagem durou só quatro jogos.

O atleta foi titular no Clássico das Multidões contra o CRB, mas depois ficou de fora das relações dos jogos. Agora, ele retorna ao Voltaço, mas não é garantido que permanecerá no clube carioca.

O CSA agradeceu pelo período que Caio Vitor defendeu o clube. Segundo a diretoria, a rescisão se deu em comum acordo.

Mais matérias
desta edição