app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5647
Esportes Marquinhos (à dir) em partida contra o Coruripe: dos jogadores remanescentes da era Rogério Corrêa, ele é o que mais se destaca

CSA continua com atletas que atuaram com ex-treinador no Volta Redonda

No âmbito diretivo, Rafael Tenório disse que clube deve contratar reforços

Por Matheus Guimarães e Fernanda Medeiros | Edição do dia 10/02/2024 - Matéria atualizada em 10/02/2024 às 04h00

O CSA vem anunciando, durante essas últimas duas semanas, dispensas de alguns atletas contratados para este início de temporada. Dentre os dispensados, destacam-se jogadores com quem o ex-treinador do time Rogério Corrêa, trabalhou antes de vir para o Azulão, no caso, o Volta Redonda-RJ.

Rogério trouxe cinco atletas que ele comandou no time carioca, na temporada 2023: Ricardo Sena (lateral-esquerdo), Michel Custódio (zagueiro), Caio Vitor (meia), Marquinhos e Douglas Skilo (atacantes).

Dentre esses, somente Ricardo e Marquinhos permanecem no atual plantel azulino. Skilo foi o primeiro a ser dispensado, atuando cinco vezes pelo CSA. Em seguida, Michel Custódio, que sequer atuou pelo clube marujo, e Caio Vitor, foram dispensados. O meia ainda fez quatro jogos pelo clube.

Dos remanescentes, Marquinhos é o que mais se destacou até aqui. O atacante, 25 anos, já entrou em campo seis vezes nesta temporada e marcou duas vezes para a equipe do CSA.

REUNIÃO

O presidente do CSA, Rafael Tenório, após ter dito em entrevista ao ge, na quinta-feira (8), que não iria mais contratar reforços para o time, voltou atrás. Na tarde dessa sexta (9), ele falou ao ge como foi a reunião com o Departamento de Futebol e a comissão técnica do clube, quando mudou o discurso e admitiu que o time precisa e vai contratar jogadores.

O encontro serviu para o mandatário buscar explicações para o rendimento abaixo do esperado do time no início desta temporada. Após a reunião, foi revelado que o técnico Marcelo Cabo e os dirigentes de futebol, Marlon Araújo e Alarcon Pacheco, seguem tendo respaldo do dirigente. Além de não descartar a chegada de novas peças, Rafael disse que a prioridade é um goleiro, já que Yuri Sena será operado.

“A reunião foi muito produtiva porque o Departamento de Futebol, a comissão técnica e eu vamos focar nos três próximos jogos do Alagoano. Nossa obrigação é classificar o time. Vimos também que algumas peças precisam ser mudadas”, afirmou.

Mais matérias
desta edição