app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Esportes CRB venceu o Fortaleza no tempo normal, mas perdeu nos pênaltis, por 5 a 4, nesse domingo (9), pela Copa do Nordeste

Daniel Paulista exalta CRB, mas lamenta derrota nos pênaltis: “Não era nosso dia”

Fortaleza foi o campeão da Copa do Nordeste 2024

Por Pedro Ferreira e Guilherme Nobre | Edição do dia 11/06/2024 - Matéria atualizada em 11/06/2024 às 04h00

A vitória veio, mas a conquista não! Mesmo com a vitória imponente por 2 a 0 em pleno Rei Pelé abarrotado de torcedores alvirrubros, o Fortaleza, com requintes de crueldade, levantou pela terceira vez o título da Copa do Nordeste, vencendo nos pênaltis por 5x4.

Frustrado com o resultado mas orgulhoso da campanha feita pelo CRB, o técnico Daniel Paulista mostrou que, mesmo com a derrota, a equipe tem trilhado o caminho certo rumo a voos maiores.

“Claro que estamos chateados pela não conquista do título, mas acho que o CRB deixou seu torcedor orgulhoso pelo que fez hoje (domingo). Ele enfrentou uma grande equipe e foi muito superior. Não era nosso dia, mas acho que a gente sai moralmente muito fortalecido pelo que a gente fez na competição e no jogo”, enfatizou.

Daniel não deixou de elogiar a atuação impressionante do atacante João Neto, autor dos dois gols da partida: “Foi uma situação que tínhamos que arriscar, deu certo dentro da partida. E, assim como João Neto, todo o time jogou muito bem e foi superior ao Fortaleza todo jogo”.

ANSELMO RAMON

O pênalti cobrado por Anselmo Ramon na final da Copa do Nordeste foi o único desperdiçado na série que deu o título ao Fortaleza. Com isso, muitos torcedores cobraram o artilheiro da equipe na redes sociais, especialmente pelo fato de a bola ter sido isolada.

A Gazeta fez um levantamento sobre as cobranças de Anselmo, desde quando ele chegou ao Galo. Ao todo, são 18 batidas da marca da cal, com cinco chutes desperdiçados.

Anselmo perdeu pênaltis contra o Cruzeiro (Série B 2022), Ceará (Copa NE 2022), Sampaio Corrêa (Série B 2023), Athletico-PR (Copa do Brasil 2023) e Fortaleza (Copa NE 2024). O curioso é que desses cinco desperdiçados, quatro foram para fora, por cima do travessão. A única exceção foi contra o Furacão, quando Anselmo acertou a trave.

O fato de ser o jogador com mais pênaltis perdidos no CRB, explica-se por Anselmo ser o cobrador oficial. Em decisões de mata-mata, o jogador marcou contra Botafogo-PB e Bahia, no Nordestão deste ano.

Entre os 13 gols feitos de pênalti até aqui, cinco foram só neste ano, inclusive no clássico contra o CSA, pelo Alagoano. Sua média de acerto é de 72%.

Anselmo costuma cobrar mais pênaltis do seu lado direito. No entanto, tem alterado suas cobranças para batidas menos colocadas e mais fortes.

*Sob supervisão da editoria.

Mais matérias
desta edição