app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN14022020

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 14/02/2020 - Matéria atualizada em 13/02/2020 às 22h59

O empréstimo de cerca de R$ 500 milhões que está sendo pleiteado pelo governo de Alagoas destinado a investir em estradas no Agreste e no Sertão pode tomar outro rumo nos próximos meses, se depender das lideranças políticas e empresariais da região norte do Estado.

Com o turismo crescendo vertiginosamente na região, as lideranças pensam em pedir ao governador Renan Filho que o empréstimo, caso seja aprovado nas esferas federais, destine pelo menos 50% para a duplicação da AL – 101 Norte e na construção de obras de infraestrutura.

A justificativa seria a urgência na recuperação de todo esse trecho entre Maceió e Maragogi, o que iria permitir aumentar com segurança o tráfego de veículos e possibilitar o deslocamento de milhares de visitantes às principais praias do litoral norte alagoano.


CONVERSA FIADA

Parece brincadeira, mas não é a declaração do governador Renan Filho de que Alagoas tem uma das gasolinas mais baratas do Brasil. As declarações se tornaram piadas em Alagoas nas redes sociais, e o “Pequeno Polegar”, envergonhado com a besteira que disse, sumiu do Facebook e Instagram para evitar falar sobre combustível.


CENSURA

Conduzido pelo seu mais destacado secretário, o George Santoro da Fazenda, diminuir o IMCS do preço dos combustíveis é assunto proibido no Palácio República dos Palmares, mesmo que sua Excelência tenha anunciado meses atrás que iria reduzir a cobrança exagerada do ICMS. As declarações nunca postas em práticas por Renan Filho virilizaram nas redes sociais e passaram a ser ridicularizadas, tornando claro que não dá para acreditar no que o governador diz.


ABANDONO

Além de querer abocanhar 14% nos soldos dos militares com a Reforma da Previdência aprovada às pressas na Assembleia Legislativa, o governo do Estado ainda deixa o Hospital da Polícia Militar, que já foi referência no seu atendimento, literalmente entregue às baratas.


MANIFESTAÇÃO

Credores do extinto Grupo JL fizeram uma manifestação ontem em frente ao Tribunal de Justiça, mas não conseguiram contato com os desembargadores. Com palavras de ordem e faixas, eles bloquearam a pista por algumas e complicaram o trânsito na região. Eles reivindicam o pagamento imediato dos salários que já estão depositados em conta especial.


RASTEIRAS

A Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) emitiu uma nota alertando pais e educadores sobre o perigo da "brincadeira quebra-crânio" ou "desafio da rasteira", que viralizou nas redes sociais, nesta semana. Vídeos em que adolescentes aplicam rasteiras uns aos outros começaram a circular na internet, o que preocupou pais e mães neste período de início de ano letivo.


RASTEIRAS 2

A nota da SBN reforça que o "desafio", que provoca uma queda brutal, pode causar lesões irreversíveis ao crânio e à coluna vertebral. "A vítima pode sofrer danos no desempenho cognitivo, fratura de vértebras, perder movimentos do corpo e até morrer".


CORONAVÍRUS

O Brasil tem, atualmente, seis pessoas suspeitas de ter o coronavírus Covid-19. Os dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde na tarde de ontem. De quarta-feira, quando havia 11 casos suspeitos, para ontem, seis casos foram descartados - três deles em São Paulo, dois no Rio de Janeiro e um em Minas Gerais - e um foi incluído, no estado do Rio Grande do Sul.


» A principal agência de registros atmosféricos dos Estados Unidos confirmou, ontem, que 2020 teve o janeiro mais quente da história. A Agência Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa, na sigla em inglês) faz o registro de temperatura há 141 anos » Os registros da Noaa apontam que a Terra segue em aquecimento, o que acende alerta para a crise climática, apontada por muitos especialistas como um dos maiores problemas que a humanidade vai enfrentar no século XXI. » A Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) informou, nesta quinta-feira (13), que, excepcionalmente, nos dias 16 e 23 de fevereiro, não haverá o projeto Domingo de Lazer na orla marítima da capital alagoana.

Mais matérias
desta edição