app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN19032020

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 19/03/2020 - Matéria atualizada em 18/03/2020 às 22h58

A disseminação do coronavírus em terras brasileiras e particularmente em Alagoas vai refletir na desaceleração da economia e, consequentemente, no desemprego iminente. Esse fator, já sentindo pelo próprio Estado e empresas, reduzirá a arrecadação de impostos e naturalmente dos serviços prestados à população.

Para o Ministério da Economia, é uma fase extremamente difícil que todos enfrentarão, apostando na recuperação num prazo estimado em cinco meses se todas as providências adotadas até agora conseguirem pelo mesmo barrar a virulência do coronavírus.

Por isso mesmo, o governo pede a colaboração de todos os cidadãos, que façam sempre a sua higiene pessoal, lave bem as mãos com água, sabão ou mesmo álcool em gel e evitem participar de grandes aglomerações.


EFEITO COLATERAL

O governo do Estado anunciou medidas de combate ao coronavírus, mas o seu efeito pode prejudicar a prestação de serviços à população. Com essa força-tarefa, hospitais como o Hospital Geral do Estado, Hospital da Mulher e Santa Mônica que já vivem em situação de dificuldades, poderão ficar ainda muito pior.


REFLEXO IMEDIATO

O Ministério da Economia já tomou algumas providências para diminuir o impacto financeiro o que deve ser seguido por todos os estados da Federação. Anunciou a antecipação da primeira e segunda parcela do 13º para aposentados e pensionistas e estimulou a Febraban a orientar os maiores bancos a facilitar e estender o pagamento de dívidas de seus clientes por até 60 dias.


MESMO CAMINHO

Espera-se, agora, que os Estados, a exemplo de Alagoas e da capital Maceió, também participem desse mutirão, reduzindo os preços dos combustíveis e do IPTU e dilatando seus prazos para pagamento.


GRAVIDADE

O pedido do governo federal para o Congresso reconhecer o decreto do executivo, tornando o Brasil num estado de calamidade pública, bem demonstra a situação gravíssima em que o país se meteu com a disseminação do coronavírus que já atingiu todos os estados brasileiros.


DESTAQUE

A Santa Casa de Misericórdia de Maceió recebeu uma boa surpresa. A revista norte-americana Newsweek divulgou um ranking dos Melhores Hospitais do Mundo e, de acordo com a avaliação de profissionais da medicina, a Santa Casa é o segundo melhor hospital do Nordeste. Ao lado do IMIP, de Recife, que está na 9º posição, com uma pontuação de 83,4%, a instituição foi inserida no top 20, conquistando a 19ª posição com 80% da nota.


DESTAQUE 2

A pesquisa foi promovida com rankings baseados em recomendações de profissionais médicos, resultados de pesquisas com pacientes e indicadores-chave de desempenho médico. Para entrar na avaliação, os hospitais tinham que ter capacidade para pelo menos 100 leitos de internação.


TÍTULO PARA NOTA

A Assembleia Legislativa Estadual aprovou, durante sessões ordinária e extraordinária, na manhã desta quarta-feira (18), projeto de lei que dispõe sobre a criação do serviço voluntário no âmbito da Polícia Civil. O SVP, como passou a ser chamado, permite o trabalho de delegados, agentes e escrivães, fora da jornada, nas delegacias. O serviço extra será remunerado. O texto foi aprovado com três emendas. A primeira garantia a proporcionalidade do recebimento do valor pelo serviço. Neste caso, quem trabalhasse mais receberia mais.

» O promotor de Justiça Dênis Guimarães de Oliveira, da 47ª Promotoria de Justiça da Capital, denunciou Luiz Felipe Cardoso Moleda, de 18 anos, por homicídio quadruplamente qualificado contra Joyce Marielle Cândido da Silva Santana, no dia 25 de fevereiro, no bairro Village Campestre. » Segundo o entendimento do promotor, houve motivo fútil, traição, meio que impossibilitou a defesa da vítima e feminicídio. Ele pede ainda a manutenção da prisão preventiva do acusado. » A Igreja Batista do Farol suspenderá temporariamente os cultos presenciais realizados aos domingos, atendendo às recomendações dos órgãos de saúde para evitar aglomerações. A suspensão já começa no domingo (22).

Mais matérias
desta edição