app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN12052020

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 12/05/2020 - Matéria atualizada em 11/05/2020 às 21h29

Responsável pelo emprego direto de mais de 7 mil pessoas, o setor de hotelaria de Alagoas passa por momentos de extremas dificuldades.

Com a quase totalidade dos hotéis e pousadas fechados, o desemprego em massa começa a acontecer e as perspectivas de reoxigenação do setor é cada vez mais imprevisível.

Agora, com praias desertas e interditadas, restaurantes e bares com as portas cerradas e voos domésticos e internacionais mais escassos, as medidas restritivas fizeram o turismo desaparecer por completo.

Líderes desse serviço que sempre otimizaram a arrecadação de impostos e patrocinou o emprego e renda de milhares de alagoanos, veem com ceticismo o retorno das suas atividades em pouco espaço de tempo. O que é extremamente lamentável.


ARMOU BARRACO

A cena protagonizada pelo deputado Antônio Albuquerque que parece ter perdido momentaneamente o controle emocional na última sexta-feira em frente ao edifício onde mora no bairro de Ponta Verde, ainda viraliza nas redes sociais. O deputado armou barraco, xingou as autoridades, chamou à atenção da população e terminou recebendo uma representação da prefeitura, em que será investigado por desobediência às regras pelo Ministério Público.


IRRITAÇÃO PERTINENTE

Há quem diga que o deputado Antônio Albuquerque, infectado pelo coronavírus, estava irritado com seu chefe, o “Pequeno Polegar”, por não ter lhe receitado o remédio onde ficou curado da Covid-19 em apenas cinco dias. Com isso, teria armado barraco em frente a uma das praias mais bonitas do Brasil.


SEM CONTROLE

O objetivo de que todos cumpram rigorosamente com o novo decreto governamental está muito longe de ser alcançado. E é aí que aumenta o risco de contaminação pelo coronavírus. O estudo das áreas envolvidas aponta que as medidas restritivas devam aumentar nos próximos dias, já que o sinal de alerta foi acionado com o avanço de mortes e de infectados nas últimas 72 horas.


PREVISÃO FÚNEBRE

Uma maior atenção dos prefeitos alagoanos com os cemitérios públicos é mais uma preocupação levantada pelo Ministério Público, que tem orientado para a monitoração de covas e até a ampliação de algumas áreas, se necessário. A perspectiva, como se vê, não é nada animadora para os próximos dias.


SESSÕES SUSPENSAS

Com três vereadores contaminados pelo coronavírus, o presidente da Câmara, Kelmann Vieira, do Podemos, optou por suspender as sessões virtuais até o dia 22 de maio. A decisão de Kelmann objetivou ter mais cautela com as sessões que requeria um número mínimo de servidores para viabilizá-las.


VACINAÇÃO

Teve início ontem a 3º fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em Maceió. Esta fase da campanha será dividida em duas etapas, compreendo o começo dessa primeira etapa de segunda-feira (11), até o domingo (17). O público-alvo da primeira etapa são pessoas com deficiência, gestantes, puérperas e crianças de seis meses a cinco anos de idade. Até o momento foram aplicadas 178.196 doses da vacina contra a gripe em Maceió.


VACINAÇÃO 2

A 3ª fase de vacinação contra a gripe foi dividida em duas etapas. Dessa forma, a vacinação do primeiro público-alvo segue até o domingo (17). A partir do dia 18 de maio até o dia 5 de junho, acontece a última etapa da 3º fase, que irá imunizar adultos de 55 a 59 anos de idade, e professores de escolas públicas e privadas.


» Alagoas registrou, ontem, 74% da ocupação dos leitos da UTI da rede pública. O dado foi divulgado pelo Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS/AL), vinculado à Sesau.

» O defensor público Isaac Vinicius Costa Souto ingressou com uma ação civil pública contra o Estado de Alagoas, requerendo a isenção do pagamento pelo fornecimento de água e esgoto junto à Casal para os consumidores de baixa renda durante todo o período de pandemia causada pelo novo coronavírus.

» A solicitação pede que o beneficio contemple desde o mês de março de 2020 até quando perdurar o estado de pandemia.

Mais matérias
desta edição