app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN08072020

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 08/07/2020 - Matéria atualizada em 07/07/2020 às 22h15

A desaceleração de mortes e infectados pelo coronavírus nos últimos três dias em todo o Estado de Alagoas deixa transparecer que, a continuar assim, segmentos não essenciais começarão a ser liberados pelo governo.

Como vários fatores definem uma linha de raciocínio, a esperança é que a Covid–19 comece a diminuir de intensidade e os alagoanos voltem a exercer as suas atividades normalmente.

Lavando as mãos, usando máscaras e mantendo um distanciamento recomendado pela classe médica, os efeitos da pandemia tendem a perder forças. Isso, pelo menos, é o que esperam as autoridades sanitárias.


MAU GOSTO

Ao inaugurar um hospital inacabado em Porto Calvo em nome da pandemia, o governador fez uma piada de mau gosto. Entre tantas outras considerações durante seu discurso, assegurou que, ao contrário da sua administração que constrói hospitais, Alagoas, durante a pandemia da gripe espanhola em 1918, “ganhou um equipamento novo: o cemitério São José”. Humor negro à parte, o governador sequer fez uma comparação de uma administração de 100 anos atrás com a realidade de hoje.


SEM EFEITO

As regras para a continuação do projeto da fase laranja, em Maceió, não serão tão fáceis de ser cumpridas pela população. Utilizar máscaras antes e depois do banho de mar não garante que elas estão devidamente higienizadas, assim como lavar as mãos com água e sabão, coisas difíceis de serem encontradas na orla marítima.


A CHUVA AJUDOU

O nível de isolamento, que chegou a 53,5% no último final de semana em Maceió, teve uma explicação: a chuva fez com que as pessoas não saíssem de casa, o que causou a redução percentual divulgado pelas autoridades sanitárias.


ANTECIPOU

A demolição dos prédios no Jardim das Acácias como recomendado pela Defesa Civil foi antecipado e sua conclusão aconteceu em apenas 48 horas. A justificativa é que as condições climáticas favoreceram a operação e o trabalho foi mais rápido do que o previsto. Para a limpeza da área estabelecida para setembro, ela também foi antecipada entre o período de 8 de julho a 1º de agosto.


COVID

Em boletim divulgado ontem, a Santa Casa de Maceió informou que tem 94 pessoas internadas em decorrência do novo coronavírus, sendo 30 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além disso, entre 26 de fevereiro e 7 de julho, 1.442 pacientes foram atendidos com diagnóstico da Covid-19. Deles, 114 não resistiram e evoluíram para óbito.


AULAS

A Câmara dos Deputados concluiu ontem a análise da Medida Provisória 934/2020, que suspende a obrigatoriedade de escolas e instituições de ensino superior cumprirem uma quantidade mínima de dias letivos neste ano devido à pandemia da covid-19. A matéria segue para o Senado.


AULAS 2

O texto prevê que escolas de educação infantil serão dispensadas de cumprir os 200 dias do ano letivo e a carga mínima de 800 horas. Já as escolas de ensino fundamental e médio deverão cumprir a carga horária mínima de 800 horas e terão obrigação de cumprir os 200 dias letivos. A proposta permite que o conteúdo acadêmico deste ano seja aplicado em 2021, juntando duas séries ou anos escolares. Pelo texto, o uso de atividade pedagógicas online está permitido, mas para contar como carga horária mínima deverá seguir critérios definidos pelo CNE.


» Com a diminuição da frota de veículos durante o período de isolamento social, a SMTT registrou uma redução de 29,74% no número de acidentes de trânsito em Maceió. » Os dados mostram que 477 acidentes foram contabilizados entre os meses de março e junho de 2020, contra 679 no mesmo período do ano passado.

» A Anatel e a TIM firmaram um termo de ajustamento de conduta (TAC) que converte multa de R$ 639,9 milhões em investimentos para ampliar o acesso à internet, por banda larga móvel com tecnologia 4G.

» A banda larga atingirá cidades com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), abaixo da média nacional (0,761) nos estados do Norte, Nordeste, Minas Gerais e Goiás.

Mais matérias
desta edição