app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN20112020

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 20/11/2020 - Matéria atualizada em 19/11/2020 às 23h03

A suposta utilização da máquina do Estado e da prefeitura de Maceió em favor do candidato dos Calheiros e Rui Palmeira é o principal desafio do candidato da mudança, JHC. Embora o TRE esteja alertado para essas possíveis práticas já denunciadas pelos deputados Davi Maia e Cabo Bebeto sobre a distribuição de cestas básicas e adiantamento do 13º salário, a situação preocupa e muito.

Informado, o Tribunal Regional Eleitoral está de olho e bastante atento para evitar prejuízos irreparáveis para a candidatura de oposição, que vem recebendo apoio de grande parte do eleitorado maceioense neste início de campanha, com vistas à realização do segundo turno no próximo dia 29 de novembro.


CRIME ELEITORAL

É exatamente neste período que os crimes eleitorais se sucedem, aumentam, ganham velocidade. É com a máquina do Estado e do município nas mãos que ela pode ser utilizada, daí a execução de uma fiscalização severa por parte da Justiça Eleitoral.


ALERTA GERAL

Discreto, mas seguro nas suas decisões, o presidente do TRE, desembargador Pedro Augusto Mendonça, está ciente de que tudo pode acontecer, mas também está vigilante para impedir que uma festa democrática possa ser melada por interesses subjetivos.


GUIA ELEITORAL

A partir de hoje, quando recomeça o Guia Eleitoral, os candidatos vão mostrar o tom que será dada à campanha neste segundo turno. A disputa deve esquentar quando forem divulgadas as primeiras pesquisas entre o candidato da mudança, JHC, e o candidato dos Calheiros e de Rui Palmeira, Alfredo Gaspar.


REAÇÃO

A projeção da Braskem de explorar o sal-gema no norte do Estado tem encontrado resistência dos moradores da região entre Maceió e Barra de Santo Antônio. Na quarta-feira, dezenas de pessoas se reuniram em Ipioca para fundar uma associação, objetivando protestar contra a pretensão da empresa que certamente colocará em risco toda a área, a exemplo dos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto.


LEILÃO

O Banco do Brasil está leiloando dois apartamentos em Maceió e uma casa em Rio Largo, em um ação nacional do banco denominada "Novembro Mágico", que colocou mais de 60 imóveis em leilão neste mês. Os preços em Alagoas variam entre R$ 42 mil e R$ 71 mil. Os apartamentos à venda em Maceió estão localizados no bairro do Antares e a casa em Rio Largo está situada na Mata do Rolo.


LEILÃO 2

A ação do banco estatal prevê condições de pagamento especiais, como 3% de desconto à vista e 30% de entrada mais três parcelas sem juros e lances a partir de R$ 24,5 mil. Além de Alagoas, estão à venda imóveis nos estados do Ceará, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo.


NÚMERO ERRADO

Um candidato a vereador em Delmiro Gouveia, Sertão alagoano, descobriu ter feito campanha divulgando o número errado. Irmão Edimilson, filiado ao Avante, pediu votos para o número 70.255, mas o cadastrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) era 70.252 Nas eleições do último domingo (15), o candidato não recebeu nenhum voto, nem mesmo o dele. Irmão Edimilson explicou que, na votação, chegou a digitar o número na urna e, apesar de não aparecer a sua foto, confirmou o voto. Ele alega que acreditou que seria um erro da urna.


» No feriado desta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, a Unidade Maceió do Hemocentro de Alagoas (Hemoal), no Trapiche da Barra, estará aberto para receber doações de sangue normalmente, no horário de 7h às 17h.

» Uma obra da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) deve alterar o trânsito na região da Jatiúca, na parte baixa da capital

» Segundo a estatal, quem for para a antiga Avenida Amélia Rosa a partir da Avenida Deputado José Lages nesta segunda-feira (23) deverá fazer um desvio de rota até pelo menos 13 de dezembro.

» O Brasil registrou 644 mortes pela Covid e 35.686 casos da doença, nesta quinta-feira (19). Com isso, o País chegou a 168.141 óbitos e 5.983.089 infecções.

Mais matérias
desta edição