app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN23042021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 23/04/2021 - Matéria atualizada em 22/04/2021 às 22h36

Segue em alta a tendência de óbitos nas unidades de privação de liberdade no País em razão da pandemia de Covid-19. No caso de unidades prisionais, somente nos últimos 30 dias houve um aumento de 24,2% tanto entre pessoas presas quanto entre servidores. No sistema socioeducativo, a alta é ainda maior: 59,5%, passando de 42 para 67 os registros de mortes ocasionados pela doença, todos entre servidores.

Em Alagoas, já são 90 casos de Covid-19 entre pessoas presas, e 211 casos entre os servidores das unidades prisionais, além de três óbitos na mesma categoria, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em todo o Brasil, já foram registrados 83.587 casos em ambos os sistemas com 431 óbitos desde o início da pandemia. O monitoramento de casos e óbitos por Covid-19 no sistema prisional e no socioeducativo é realizado pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário.


MONITORAMENTO

O acompanhamento conta com o auxílio do programa Fazendo Justiça, parceria do CNJ com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública para a superação de desafios estruturais nos sistemas de privação de liberdade.


IMUNIZAÇÃO

De acordo com o levantamento, no Amapá a imunização ainda está restrita a servidores das unidades penais: por enquanto, 47 funcionários já receberam a primeira dose da vacina e 30 também a segunda. Em Santa Catarina, apenas pessoas privadas de liberdade foram vacinadas nesses estabelecimentos – com a primeira dose aplicada em 101 pessoas presas e a segunda em 16. Em Alagoas, por ora, nada ainda.


VACINA

Alagoas recebeu ontem do Ministério da Saúde mais 44.759 doses de vacinas contra o coronavírus. O novo lote contém 9 mil doses de CoronaVac e 35.750 de AstraZeneca. O MS já enviou para Alagoas um total de 785.410 doses de imunizantes contra a Covid-19, incluindo a nova remessa. No Estado já foram aplicadas 562.324 doses de CoronaVac e Astrazeneca: 416.138 pessoas receberam a primeira dose e 146.186 alagoanos já receberam a segunda.


MAMÓGRAFO

A superintendência do Hospital Universitário informou que a máquina responsável por realizar os exames de mamografia, que apresentou defeito na manhã desta quinta-feira (22), deve estar em pleno funcionamento na segunda-feira (26). Pacientes que buscaram a unidade de saúde nesta quinta-feira para realizar exames de rotina ficaram impossibilitados de fazer o procedimento de mamografia devido ao defeito na máquina.


MAMÓGRAFO 2

Célio Rodrigues, superintendente da unidade de saúde, informou que o equipamento precisou passar por uma calibragem após apresentar defeitos e gerar resultados sem confiabilidade. Por precisar de um prazo de 24 horas para voltar a ser utilizado de forma correta, estará disponível para a realização de exames apenas na segunda-feira.


GOLPE

O alagoano José Acledson tem passado dias de dificuldade após ter sido vítima de um golpe, quando tentava comprar um caminhão que havia sido anunciado em um site de vendas. Em um vídeo publicado em suas redes sociais, ele conta que o criminoso desapareceu quando recebeu a quantia de R$ 120 mil, referente à compra do veículo. O caminhoneiro conta que os envolvidos no golpe sumiram após a transferência do valor referente à compra do veículo.


LIXO

Equipes da Sudes recolheram cerca de 500kg de lixo no Conjunto Virgem dos Pobres I, no bairro do Vergel do Lago. Sem acesso para as máquinas, a Sudes utilizou mais de 15 homens para a realização do serviço.


» A Prefeitura intensificou as obras na ladeira de Fernão Velho. Caso não haja imprevisto durante a próxima vistoria da Defesa Civil, a previsão é que a via seja liberada nesta sexta-feira (22).

» Como alternativa para fugir do trânsito da Avenida Durval de Góes Monteiro, a Prefeitura está construindo a Avenida Alice Carolina, que dará acesso da Cidade Universitária à Via Expressa, na parte alta da capital. A previsão é que a via esteja totalmente pronta até outubro de 2021.

» O total de mortes causadas pelo novo coronavírus subiu para 383.502. Entre quarta-feira e ontem, foram confirmados 2.027 novos óbitos. Ainda há 3.643 mortes em investigação por equipes de saúde.

Mais matérias
desta edição