app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN12052021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 12/05/2021 - Matéria atualizada em 12/05/2021 às 04h00

O governo de Alagoas anunciou a partir de agora o pagamento dos salários dos servidores públicos no mês trabalhado, mas não explicou por que, ao invés de 15% de reposição salarial devidos, somente irá conceder 4,52% a partir deste mês de maio, como anunciado.

A política salarial do funcionalismo público, considerada desastrosa pelos servidores, está muito aquém das reais necessidades de todas as categorias envolvidas, incluindo o soldo de militares, que há muito tentam sensibilizar o governo da necessidade de uma remuneração justa.

Embora pudesse bancar a conta de um reajuste mais justo, o governo prefere atender às reivindicações dos empreiteiros e sair por aí construindo Centros Integrados de Segurança, os quais, sem estrutura nos seus quadros, são mais elefantes brancos do que mesmo uma solução para o combate à violência.


AMPLIAÇÃO

O governo decidiu flexibilizar algumas áreas que estavam mais restritas de acordo com o decreto, mas evitou ir muito à fundo até ter a garantia de que aos poucos a pandemia está sendo controlada. O setor de eventos foi um dos atendidos, mas de acordo com as normas de distanciamento e lotação dos locais de eventos.


REDUÇÃO

Muito embora tenha sido observada uma redução de casos de infecção e mortes pela Covid-19, a ocupação de leitos nos hospitais alagoanos ainda é motivo de preocupação. Para infectologistas, é bom entender de que a pandemia ainda não acabou, todos os alagoanos não foram vacinados, nem tampouco as pessoas devem se descuidar de adotar medidas preventivas, como lavar bem as mãos, manter o distanciamento e usar máscara.


AMEAÇA

As fortes chuvas que caíram na capital nas últimas 48 horas deixaram em alerta a Defesa Civil e a preocupação de aumentarem as rachaduras na região do bairro do Pinheiro, a exemplo do prédio do Hospital Portugal Ramalho. Até agora, pelo menos, ninguém ainda tomou nenhuma providência para a realocação do hospital psiquiátrico, que também foi atingido pela ação da Braskem


ACORDO

Na última segunda-feira (10), o presidente do TRT/AL, desembargador Marcelo Vieira, extinguiu o dissídio coletivo de greve proposto pelo Sindicatos das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb/Mac) contra o Sindicato dos Rodoviários, após acordo entre as categorias. A extinção se deu sem resolução do mérito por ausência de interesse processual. As categorias firmaram a conciliação no último dia 30 de abril, após a realização de seis audiências.


COVID

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 72.715 novos casos de covid-19 e 2.311 mortes em função da doença. Os novos números estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta terça-feira (11). Com isso, o total de pessoas que não resistiram à covid-19 subiu para 425.540. Com a atualização de ontem o número de casos acumulados subiu para 15.282.705.


PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Mais de 20 endereços estão relacionados na lista de imóveis e conjuntos arquitetônicos que fazem parte do patrimônio histórico dos bairros Pinheiro, Mutange, Bebedouro, Bom Parto e parte do Farol, afetados pelo afundamento do solo. A relação, feita por técnicos da Prefeitura de Maceió, foi encaminhada à Força Tarefa do Ministério Público Federal e à Braskem. Na relação de endereços, constam prédios tombados e aqueles que precisam ser preservados. Entre eles, a Casa José Lopes, no Mutange; o antigo complexo do Asilo das Órfãs – onde funcionou o Colégio Bom Conselho – e as Casas Gêmeas, ambos em Bebedouro.


» A Prefeitura de Maceió distribuiu 46 bombonas para ambulantes regulamentados que fazem vendas na orla marítima da capital alagoana.

» A Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) doou os equipamentos de armazenamento para vendedores de coco verde que são permissionários, atuando de forma legal e regulamentada, da Praia de Pajuçara até Jacarecica.

» A Defesa Civil de Maceió orienta sobre a continuidade das chuvas e ventos fortes hoje na capital alagoana.

» Um aviso meteorológico e outro de risco de deslizamento de massa na parte alta da capital continuam vigentes e mantém os técnicos do órgão municipal trabalhando em nível operacional de observação.

Mais matérias
desta edição