app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN19052021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 19/05/2021 - Matéria atualizada em 19/05/2021 às 04h00

Ao anunciar concurso público para um pouco mais de mil vagas na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros, o Estado está longe, mas muito longe mesmo de cumprir o que prometeu há alguns meses, embora, em conta-gotas, vá empurrando com a barriga as promessas, certo de que a conta a ser paga desaguará no futuro governo.

Com a lerdeza que se tornou característica do atual governo, o Estado só tem pressa mesmo em realizar obras que lhe interessem politicamente, visando às eleições do próximo ano.

De concurso público que anunciou tem um monte, mas nenhum deles até agora contemplou a Polícia Civil tampouco a saúde e a educação.


INDIFERENTE

A Secretaria de Estado da Fazenda demonstra não ter nenhum interesse de mexer num vespeiro que se tornou o aumento desproporcional do preço dos combustíveis nas bombas, comportamento que massacra o consumidor e abastece os cofres públicos. Entre as refinarias e as distribuidoras os preços oscilam de acordo com o ICMS aplicado pelos estados, a exemplo de Alagoas.


AUMENTO

Como todo mundo sabe, o governo do Estado aplica 29% de ICMS sobre os combustíveis, além de adicionar mais R$ 0,15, o que faz crescer ainda mais o preço da gasolina. Assunto indigesto, a Secretaria de Fazenda prefere não comentar muito sobre o tema considerado muito desagradável para o Palácio República dos Palmares. Prefere jogar a responsabilidade para a política de preços da Petrobras.


VIROU PIADA

Em plena pandemia, em que decretos e normas estabelecem protocolos de presença de servidores nas instituições públicas como o trabalho home office, eis que o MP, por meio do promotor Sidrack Nascimento. se dispôs a investigar um suposto caso de ausência de um funcionário – entre centenas deles - da Assembleia Legislativa. Muito pouco para um graduado membro do Ministério Público, que se imagina tem coisas muito mais importantes para fazer.


PIORES ÍNDICES

Com todo esse alarde de que faz e acontece, o Estado desconhece os problemas sociais graves na maioria dos municípios alagoanos, não oferece reajuste justo aos servidores públicos e só pensa em obras físicas para encher o bolso de conhecidas empreiteiras que se instalaram em Alagoas.


NOVA CEPA

Se não bastassem os problemas que foram trazidos pela Covid-19, agora uma nova variante assombra as autoridades de saúde. Um sinal de alerta já chegou na Secretaria de Saúde, que aguarda uma análise mais minuciosa dos médicos infectologistas.


DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

As deputadas Cibele Moura (PSDB) e Jó Pereira (MDB) se reuniram, nesta terça-feira, 18, com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL). Acompanhadas do secretário estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Fernando Pereira, as parlamentares abordaram as políticas de desenvolvimento sustentável para o Estado.


VACINA

Após um adolescente de 17 anos publicar em uma rede social que foi vacinado contra a Covid-19,em Branquinha, na Zona da Mata de Alagoas, a prefeitura da cidade informou que afastou os servidores envolvidos no processo de vacinação. Em nota enviada à imprensa, a Secretaria Municipal de Saúde de Branquinha disse que o adolescente procurou o ponto de vacinação e, tanto a coordenação que o encaminhou como a vacinadora, não solicitaram as devidas comprovações que o credenciavam a se imunizar. O fato chamou a atenção na pequena cidade a partir da publicação que o rapaz fez em uma rede social.


» Um edifício de três andares com risco de desabamento no bairro do Pinheiro será demolido nesta quarta-feira (19), a partir das 8h

» A demolição do edifício Hermon será realizada por empresa especializada contratada pela Braskem, através de Termo de Cooperação com o Município, e atende solicitação da Defesa Civil de Maceió, uma vez que há risco para a população que transita pelo entorno.

» Em 24 horas, o Brasil registrou 75.445 casos de covid-19 e 2.513 mortes decorrentes da doença. Os dados foram apresentados na atualização diária do Ministério da Saúde sobre a pandemia, divulgada ontem.

» Com as novas estatísticas, o número de mortes cano Brasil chegou a 439.050.

Mais matérias
desta edição