app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN29052021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 29/05/2021 - Matéria atualizada em 28/05/2021 às 21h59

Indo na contramão de outros estados que investem na energia limpa, Alagoas abandonou por completo o projeto desde a época do então governador Téo Vilela, de montar um plano de energia eólica. Com regiões próprias para a produção de energia, como alto Sertão e municípios como Maragogi e Piaçabuçu, o Estado preferiu investir em obras de concreto para fazer a festa de empreiteiras.

O desinteresse de produzir energia limpa e de baixo custo em Alagoas, ao contrário de quase todos os estados do Nordeste, é tanto, que a única vez que uma única empresa veio discutir a possibilidade da implantação de um projeto no Estado, seus representantes foram recebidos pelo segundo escalão da Secretaria de Desenvolvimento Regional e Turismo, à época dirigida pelo hoje secretário de Educação, Rafael Brito.


NÃO DÁ RESULTADO

Como o projeto da construção de um parque eólico não dá voto, o governo do Estado passa ao largo da história e do desenvolvimento da região, preferindo outras alternativas, em veze de gerar emprego e renda nas regiões propícias para produzir energia e baratear o produto para os consumidores de baixa renda.


CAFÉ ESFRIANDO

Observadores das redes sociais de autoridades alagoanas detectaram, nas últimas semanas, a presença assídua dos secretários Rafael Brito e Alexandre Ayres como “curtidores” das postagens efetuadas pelo presidente da Assembleia, deputado Marcelo Victor. Do senadinho da praça Dom Pedro II, veio a possível explicação: “melhor que o poder com data de validade no caminho, é a expectativa dele...”.


OPORTUNISMO

Como observou que os municípios prejudicados iriam cobrar na Justiça sua parte na venda da Casal, o governador Renan Filho se apressou, no início da semana, a prometer esgotamento sanitário e água para todos. Como diz uma coisa e faz outra, os prefeitos vão ficar de olho nos recursos de R$ 4,5 bilhões que o chefe do Executivo anunciou e que serão destinados a todos, indistintamente.


ME ENGANA QUE GOSTO

Quem participou da reunião do Sindicato dos Professores com o governador Renan Filho teve a ligeira impressão de que foi um encontro apenas para aparar as arestas visando a um futuro próximo. Na prática, apenas recursos para adquirir equipamentos de informática que ninguém sabe quando o governo disponibilizará. No mais, só conversa e promessa como está acostumado a fazer.


EMPURRANDO

Um dos itens mais reclamados pela área de educação sobre a cobrança previdenciária de 14% aos profissionais aposentados ficou pra depois, quando o governo discutirá a possibilidade de redução junto com a Assembleia Legislativa, que discutirá a proposta no plenário da Casa de Tavares Bastos


COM CLOROQUINA

O governador Renan Filho anunciou, durante sua excursão à região Norte do Estado no início da semana, que entregará o Hospital Regional com o perfil assistencial expandido, tornando-se “uma porta aberta “para os casos de urgência e emergência. Faltou dizer que os protocolos para o combate à Covid-19 continuam em vigor com o uso de cloroquina e hidroxicloroquina.


AMIGO DA ONÇA

O governador Renan Filho, ao anunciar o decreto que aperta ainda mais os pequenos comerciantes na última quinta-feira, fez um apelo para que todos usem máscaras, exatamente o contrário do que fez nos últimos dias, ao posar ao lado de várias lideranças políticas sem o equipamento de proteção, em cenas de aglomeração.


» Deputados na Assembleia Legislativa têm cobrado uma ação mais efetiva do governo do estado sobre o combate à pandemia, além de denunciar a falta de pagamento aos hospitais que recebem pacientes infectados pelo Covid-19.

» A deputada Ângela Garrote exigiu que novos leitos sejam abertos pelo governo e argumentou que “não dá para deixar o paciente esperando e só levar ao hospital na véspera de morrer”.

» Está servindo de chacota nas redes sociais a recomendação do governador para que a população use máscara.

» Ainda não foi desta vez que o governador de Alagoas foi chamado para depor na CPI da Covid.

Mais matérias
desta edição