app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5692
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN15062021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 15/06/2021 - Matéria atualizada em 15/06/2021 às 04h00

Demorou muito pouco para a Secretaria de Segurança Pública patrocinar cenas midiáticas, agora para afugentar os poucos turistas que ainda restam por aqui. Na Praia do Francês, no último domingo, numa demonstração de truculência sem limites, a Segurança utilizou quatro viaturas para, em plena areia da praia, afastar algumas pessoas que já se dispunham a ir embora do local.

Policiais fortemente armados dispersando banhistas e até a utilização de um helicóptero como se fosse uma batalha campal foram protagonizados pela polícia, sob o comando, mais uma vez, do secretário Alfredo Gaspar. Uma ação violenta desnecessária, digna de filmes de faroeste, argumentaram muitos internautas nas redes sociais.


REPERCUSSÃO

Depois da cena explicita de demonstração de força, as redes sociais reagiram intensamente, criticando a ação da polícia, que deveria, para cumprir sua missão, usar métodos mais didáticos para alertar uma população que vive trancada nos seus finais de semana.


5 MIL MORTOS

Na última semana ,se já não bastassem as notícias policiais envolvendo a desastrada fiscalização por parte dos órgãos de segurança, na Praia do Francês, Alagoas bateu a casa dos 5 mil mortos provocadas pela Covid-19. A situação preocupa as autoridades sanitárias que preveem dias mais complicados pela frente.


RECOMENDAÇÃO

O prefeito de Maceió, JHC, voltou a recomendar às secretarias municipais atenção especial aos processos que tramitam por vários órgãos da administração pública. A Sedet, por exemplo, tem demorado na liberação de alvarás de construção, o que tem gerado uma insatisfação generalizada entre as empreiteiras, travando o andamento das obras e fazendo com que não se produza emprego e renda no setor da construção civil.


INSATISFAÇÃO

A Polícia Militar ainda não engoliu ser afastada do AL Previdência o que por certo terá prejuízos lá na frente. O governo alega que a instituição terá uma legislação própria, mas não diz quando.


SÓ VENDO

A promessa do governador Renan Filho na semana passada de que praticamente deve dobrar o salário dos professores futuramente foi recebida com certo ceticismo pela categoria, cansada de esperar a boa vontade dos governantes há muitos anos.


RESPIRADORES

Com a pandemia não dando trégua e os hospitais públicos do Estado chegando à capacidade máxima de internações, bem que os respiradores comprados a peso de ouro pelo governo e que nunca chegaram a Alagoas, estão fazendo uma grande falta.


O VILÃO

Desde a última sexta-feira, Alagoas passou ter a quarta gasolina mais cara do Nordeste. Em alguns municípios, a exemplo de Maceió, bateu na casa do R$ 6,09 o litro, causado, naturalmente, pela aplicação de ICMS imposto pela Secretaria da Fazenda.


COVID

O Brasil registrou 928 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta segunda-feira (14) 488.404 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.970. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +5% e indica tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes do vírus. É o 27º dia seguido de estabilidade na comparação com duas semanas atrás. São agora 35 dias com a média de mortes abaixo da marca de 2 mil. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.


» Com quatro novas turmas, foram iniciadas ontem as aulas dos cursos de formação profissional do Senai/AL para jovens e adultos selecionados em programas da Semas de Maceió.

» Nessa nova etapa, serão formados 100 alunos, nos cursos de assistente administrativo, gesseiro, aplicador de revestimento cerâmico e eletricista instalador predial de baixa tensão.

» O primeiro mutirão de limpeza e higienização de junho em mercados públicos de Maceió recolheu, ontem, 24 toneladas de resíduos, além de dejetos das galerias de esgoto. A limpeza beneficiou o Centro Pesqueiro de Jaraguá. Toda semana um mercado público passa por ações de limpeza e higienização.

Mais matérias
desta edição