app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN17062021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 18/06/2021 - Matéria atualizada em 18/06/2021 às 04h00

O episódio da garota sequestrada em Arapiraca e que terminou com um final feliz foi explorado mais do que devia pela Secretaria de Segurança Pública para tentar abafar o escândalo do “Gabinete Fantasma” da Vice-Governadoria. O assunto, que tomou conta dos discursos virulentos na Assembleia Legislativa por parte de deputados e que ganharam os noticiários e as redes sociais, incomodou como nunca o governo de Alagoas, que deu uma desculpa esfarrapada sobre as peripécias de contratação de pessoal e locação de carros luxuosos para alguns protegidos do governador Renan Filho.


IMPROBIDADE

Mesmo que tenha tentado se justificar com um texto cheio de “gestão de estado e gestão finalística”, - incompreensível do ponto de vista administrativo e que não teria como deixar passar tamanho vexame -, o governo incorreu realmente numa ação de improbidade. Cabe, agora, em face dos prejuízos causados ao erário, aos órgãos de fiscalização exercerem o seu papel de apurar como tudo aconteceu e punir exemplarmente os responsáveis.


ACÉFALO

A Vice-Governadoria, que consta apenas no papel, mas sem nenhum sentido prático, está acéfalo desde que Luciano Barbosa tomou posse como prefeito de Arapiraca, mas, mesmo assim, se aproveitando da vacância do cargo, o governo enfiou o pé no acelerador e iniciou uma série de despesas desnecessárias numa instituição que de fato não existe desde 1º de janeiro de 2021.


UMA “PÉROLA”

Ninguém sabe, até agora, quem foi o expert que redigiu a “pérola” oficial do governo se justificando sobre os atos de improbidade administrativa sobre o caso do “Gabinete Fantasma”. A nota oficial parece ter sido sob medida, ou seja, para ninguém entender mesmo.


CHEGANDO

Nova operação policial atinge vários municípios alagoanos e, parece, vai chegar aos tais respiradores que foram comprados a peso de ouro e nunca chegaram a Alagoas. As falcatruas , aos poucos, começam a aparecer e mais cedo ou mais tarde quem meteu a mão sem pena no dinheiro público vai arcar com as consequências.


AUMENTANDO

Além de pelo menos doze mandados de busca e apreensão e possíveis prisões que podem acontecer a qualquer momento, a Polícia Federal também faz rastreamento do dinheiro roubado. Maceió, Girau do Ponciano, Arapiraca e Campo Alegre são os primeiros alvos, o que deve aumentar com o prosseguimento das investigações.


MAIS VACINAS

O Ministério da Saúde irá enviar para Alagoas, nesta sexta-feira (18), mais de 63,6 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Com a remessa, o Estado deve iniciar a imunização de pessoas com 52, 51 e 50 anos.


NOVOS MÉDICOS

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) antecipou a formatura de 48 estudantes de Medicina no estado. A colação de grau ocorreu por ato administrativo, mediante assinatura e publicação de portaria, sem solenidade presencial devido à pandemia da Covid-19. A decisão da Reitoria em antecipar a colação de grau levou em conta o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020 e a possibilidade da antecipação de formatura.


PRECATÓRIOS DO FUNDEF

O Sinteal solicitou ao secretário de Educação de Maceió e ao prefeito JHC o quantitativo de professores e funcionários aposentados e ativos que terão direito a receber os precatórios do Fundef, cuja lei foi sancionada por JHC, para que possa ser iniciado o planejamento de um calendário de pagamento. Após a sanção do prefeito, o Ministério Público Estadual de Alagoas solicitou a suspensão do pagamento dessa ação alegando que só deverá ser pago quando for finalizada a ADPF no Tribunal de Contas da União. A presidenta do Sinteal, Consuelo Correia, consultou imediatamente o seu departamento jurídico, que garantiu que isso não interfere no pagamento.


» O presidente Jair Bolsonaro revogou mais 305 atos normativos do governo federal, informou a Secretaria-Geral da Presidência nesta quinta-feira (17).

» A ação, que tem sido chamada de revogaço, tem o objetivo de reduzir o arcabouço legislativo com a extinção de normas que já perderam a eficácia legal.

» A partir deste sábado (19), a Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT) fará uma mudança no tráfego da Avenida Álvaro Otacílio em direção ao acesso da Doutor Antônio Gomes de Barros, antiga Amélia Rosa.

» Os motoristas que utilizam a Álvaro Otacílio e possuem a intenção de acessar a Dr. Antônio Gomes de Barros não poderão mais fazer a conversão à esquerda na ligação das vias..

Mais matérias
desta edição