app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN29072021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 29/07/2021 - Matéria atualizada em 28/07/2021 às 22h13

Chegando a mais de R$ 6 o litro da gasolina em alguns postos em Alagoas, a população tem consciência de que somente com a diminuição do ICMS o alagoano poderá respirar mais aliviado.

O problema é que o maestro das finanças, George Santoro, secretário da Fazenda, não quer nem ouvir falar no assunto, para exatamente manter os cofres do estado recheados e o governador poder pavimentar os seus próximos passos políticos.

Para quem prometeu que Alagoas teria o combustível mais barato do Nordeste, a falação do governador pode se considerar um estelionato eleitoral, em que o povo continua sendo enganado na sua boa-fé.


INDIFERENÇA

O governo assinou novas ordens de serviços para a construção de mais Cips no interior, embora a violência não tenha dado tréguas, mas os militares e policiais civis comem o pão que o diabo amassou. Sem reajustes tampouco condições mínimas de trabalho, a Polícia Civil passa por sérias dificuldades. Isso é o resultado de mais de 50 mil inquéritos cujos crimes ainda não foram solucionados em Alagoas.


DIMINUINDO

Muito embora o número de mortes diárias ainda preocupe, as autoridades sanitárias pedem atenção da população para manter o distanciamento social, usar máscaras em locais públicos e lavar bem as mãos.


SERVIÇO MAL FEITO

As empreiteiras que prestam serviços de saneamento em Maceió são as grandes responsáveis pela recuperação do asfalto em ruas e avenidas, embora a prefeitura da capital tenha a obrigação de fiscalizar e punir, se necessário. A buraqueira tomou conta da cidade, principalmente na parte alta da capital.


REFORMA DO IR

Na primeira semana depois do recesso parlamentar deverá entrar em pauta na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Reforma do Imposto de Renda, assunto muito aguardado pela sociedade brasileira. O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira, também prevê analisar a privatização dos Correios, além de dar sequência às reformas Política e Administrativa.


NOVA DOSE

O Ministério da Saúde vai decidir nos próximos meses se será mesmo necessário uma terceira dose para quem foi vacinado pela Coronavac. A alegação é de que em estudos realizados, foi identificada uma queda da proteção fornecida pelo imunizante depois de seis meses. Mas a terceira dose de reforço também deve contemplar quem tomou a AstraZenica, Pfizer e Janssen.


VACINAÇÃO

Após a chegada de novos imunizantes enviados pelo Ministério da Saúde, Maceió e Arapiraca voltaram a aplicar a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 e baixaram a faixa etária contemplada para 31 anos. De acordo com calendário divulgado pela capital alagoana, até sábado, pessoas com 29 anos estarão sendo imunizadas contra o coronavírus.


IMPRÓPRIOS

Quase 30 toneladas de alimentos impróprios para consumo foram apreendidas entre janeiro e junho de 2021, segundo balanço divulgado ontem pela Vigilância Sanitária (VISA) de Maceió. Os dados ainda mostram um aumento no número de fiscalizações, que, em fevereiro, somavam 292 ações. Em junho, o número de fiscalizações saltou para 770.


COVID

O Brasil registrou ontem o total de 1.344 mortes e 48.013 novos casos de Covid-19. Com a atualização dos dados da pandemia, o Brasil passa a ter 553.179 mortes e 19.797.086 de infectados. A média móvel de mortes vem apresentando queda desde junho, entretanto, a média móvel de contaminações demonstra crescimentos nos últimos dias.


» O Instituto de Identificação de Alagoas informou retomará os atendimentos ao público a partir desta quinta-feira (29). Os serviços, como a emissão da 1° e 2° via da carteira de identidade, voltarão à normalidade.

» O Procon Maceió inaugura, amanhã, a partir das 10h, o Núcleo de Apoio aos Superendividados (NAS), na Universidade Mário Pontes Jucá (UMJ), localizada no Barro Duro.

» Cabe ao Núcleo promover um atendimento individual de consumidores que estão em situação complicada devido alto grau de endividamento, o desenvolvimento de medidas preventivas e corretivas, a orientação dos consumidores quanto ao planejamento e a melhor forma de saldar suas dívidas.

Mais matérias
desta edição