app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN23062022

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 23/06/2022 - Matéria atualizada em 22/06/2022 às 22h29

A concorrência desleal que pré-candidatos candidatos vêm sofrendo nos últimos dias é uma situação que precisa ser resolvida definitivamente pelo Tribunal Regional Eleitoral, embora já se tenha decisões judiciais suspendendo ações políticas pelo governo e seus protegidos na capital e no interior.

Utilizando a máquina administrativa para chegar até os eleitores com pequenas inaugurações e novas ordens de serviço, o governo precisa ter um basta pela Justiça Eleitoral, que já foi provocado pelo Partido União Brasil para que o abuso seja interrompido.

Na prática, até agora não se viu nenhuma ação mais dura contra a administração pública, enquanto partidos esperam que a Justiça Eleitoral faça valer sua autoridade e puna quem insiste em fazer campanha antecipada proibida por lei.


NOVA INVESTIDA

Com o braço na tipoia em consequência de um acidente no último domingo, o governador Paulo Dantas não para de investir na sua campanha para a reeleição. Em Taquarana, assinou novas ordens de serviço à revelia do TRE, prometeu recuperar casas atingidas pelos últimos temporais e garantiu poços artesianos para mais de 30 municípios.


EXAGERO

Partidos políticos estudam medidas mais duras para serem tomadas daqui pra frente, para impedir uma pré-campanha desleal que está acontecendo a partir de ações do governo de Alagoas.


BOLSONARO EM MACEIÓ

O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado do senador Fernando Collor, anunciou que chegará a Maceió na próxima terça-feira, dia 28, quando vai inaugurar 1.120 unidades habitacionais no bairro do Benedito Bentes, beneficiando cerca de 4.480 pessoas. Bolsonaro aproveita para reforçar a pré-candidatura de Collor ao governo do Estado.


MOBILIDADE URBANA

A prefeitura de Maceió decidiu oferecer transporte coletivo de graça para a população a partir de hoje até o próximo dia 29, em comemoração aos festejos juninos. Para facilitar a demanda do público, serão colocados 80 ônibus cujos percursos serão animados com trios de Forró Pé de Serra.


APREENSÃO

Enquanto o São João chega com várias atrações, as autoridades sanitárias se preocupam com o aumento do volume de casos de Covid, dengue, zika e chicungunha, o que tem superlotado UPAs e até mesmo hospitais particulares.


ALERTA

O serviço meteorológico alertou que a população deve ficar atenta com o volume de chuvas previsto para cair até hoje em Maceió, podendo provocar deslizamentos e desabamentos na periferia da cidade.


INDEFINIDO

Até as Convenções que serão realizadas no próximo mês de agosto, as alianças políticas se arrastam para novas composições e podem surpreender. Até agora, apenas, indicações dos grupos que disputarão as eleições de outubro


PRECATÓRIOS

Mais de 11 mil profissionais da Educação de Maceió começarão a receber, a partir de hoje, mais de R$ 190 milhões dos recursos dos precatórios provenientes do antigo Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério).


PRECATÓRIOS 2

O pagamento do valor histórico será efetuado pela Prefeitura de Maceió para os servidores ativos, pensionistas e aposentados. O pagamento dos precatórios do antigo Fundef é uma conquista dos trabalhadores da Educação, cuja luta foi iniciada em 2018.


» Devido ao ferido estadual de São João, o Sine Maceió vai suspender atendimento presencial na sexta-feira (24). Os serviços ofertados online serão mantidos.

» Para cadastro de currículos, os interessados devem enviar o documento para o e-mail imosine.semtabes@gmail.com, com o nome da vaga pretendida.

» A Polícia Federal de Alagoas suspendeu os atendimentos presenciais para os dias 24 e 29. O Plantão Policial (82-3216-6767) e a Unidade da PF no Aeroporto Zumbi dos Palmares funcionarão normalmente.

» O STJ determinou ontem que planos de saúde que rescindirem contratos coletivos de forma unilateral são obrigadas a manter o vínculo de pacientes internados ou em tratamento para doenças graves.

Mais matérias
desta edição