app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN17012023

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 17/01/2023 - Matéria atualizada em 17/01/2023 às 04h00

Se as promessas do ministro dos Transportes, Renan Filho, forem cumpridas, ao longo dos próximos quatro anos o estado de Alagoas vai se tornar exemplo em estradas e rodovias federais para todo o Brasil. Prometendo liberar dentro de dois meses R$ 80 milhões para a recuperação de parte do trecho da BR-101 que sofreu com a erosão, o ministro ainda quer mais.

O único problema que deve enfrentar, que ainda não foi resolvido, foi o trecho de cerca de 30 quilômetros na BR-101 no município de Joaquim Gomes. Ali, o governo ainda não concretizou o entendimento com grupos indígenas que residem na região.


ELE FICA

Acabou a especulação de que o engenheiro Mosart Amaral iria para o Ministério dos Transportes. Ontem, o ministro Renan Filho confirmou que Mosart fica em Alagoas por que ele muito importante para o Estado.


ESPERANÇA

Renan Filho fez sua primeira viagem oficial fora de Brasília para Alagoas. E, aqui, anunciou que nesta terça-feira lançará na capital federal um plano de 100 dias que contemplará várias rodovias federais no Estado.


PRIORIDADE

Atendendo a recomendação do presidente Lula, o ministro dos Transportes anunciou que a prioridade no início do governo é de concluir a BR-101 em vários pontos do Estado, principalmente no trecho de Joaquim Gomes, cujo projeto será reavaliado pelos técnicos do ministério. A conclusão da obra, entretanto, passará por entendimentos com as lideranças da comunidade Wassu Cocal, o que deverá ser feito imediatamente.


ANUNCIADAS

Além da conclusão da BR-101, a BR-104 também está no projeto do ministério para recuperar trechos nos municípios de São José da Lage e Ibateguara, assim como em Marechal Deodoro e Boca da Mata, onde o asfalto está comprometido pela erosão.


DUPLICAÇÃO

No planejamento do governo de Alagoas está previsto pelo menos a duplicação de 400 km de rodovias, principalmente na Ala-101 Norte até o município de Barra de Santo Antônio e Arapiraca à Delmiro Gouveia. A continuação das obras vai contar com a participação do governo federal.


DESAFIO

O novo presidente do Tribunal de Justiça, Fernando Tourinho, tem como uma das metas principais evitar a demora no julgamento dos processos, morosidade que vem se acentuando nos últimos anos. Para Tourinho, a cultura de judicialização é um dos entraves para o retardamento das decisões.


CONCILIAÇÃO

O presidente do TJ pretende ampliar a conciliação entre as partes com a mediação como uma das alternativas, a qual, segundo ele, pode não ser a ideal, mas é a melhor opção para resolver o problema. Atualmente, pelo menos 500 mil processos estão tramitando na Justiça Estadual.


MELHOR PREVENIR

O presidente Lula, desconfiado, decidiu não permitir que ministros ou outros auxiliares entrem para despacho em seu gabinete com o telefone celular. Ali, as conversas são reservadas, e o presidente não quer que haja alguma surpresa.


NOVO DESEMBARGADOR

Promovido pelo critério de antiguidade, o juiz Paulo Zacarias assume hoje, às 11h, o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Alagoas. A posse será conduzida em solenidade pelo presidente do Tribunal de Justiça, Fernando Tourinho, na sala da Presidência. Paulo Zacarias ocupa a vaga deixada pelo desembargador Sebastião Costa Filho, que se aposentou em dezembro do ano passado. Ele ingressou na magistratura alagoana em 19 de dezembro de 1986.


» O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), expressou, ontem, preocupação com a segurança na posse dos parlamentares eleitos, prevista para 1º de fevereiro.

» Além da posse dos parlamentares eleitos, está prevista para 1º de fevereiro a eleição das mesas diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. A data também marca o início dos trabalhos do Judiciário.

» No primeiro semestre de 2023, mais sete novas unidades do Restaurante Popular, no sistema pague e leve, serão abertas em Maceió.

» Os restaurantes vão funcionar no Santos Dumont, Cidade Universitária, Benedito Bentes II, Clima Bom, Vergel do Lago, Ipioca e Tabuleiro do Martins.

Mais matérias
desta edição