app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN21012023

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 21/01/2023 - Matéria atualizada em 21/01/2023 às 04h00

Pode parecer exagero, mas não é. Chama muito a atenção o caso da contratação de R$ 40 milhões para uma empresa de coleta de lixo em Arapiraca, sobretudo pela falta de respaldo legal para as execuções financeiras. Sem licitação, o que está sendo apurado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI do Lixo) é sinal mais grave da administração do prefeito Luciano Barbosa, o qual, mesmo incomodado, estaria tentando passar a impressão de que ignora as ações demandadas pela CPI. A comprovação da falta de amparo da lei é um problema que somente será revelado por ocasião do relatório final, que apura possível improbidade administrativa na administração municipal.


Fervendo

O aparente racha entre o Partido dos Trabalhadores em Alagoas abre a primeira dissidência na agremiação, onde uma das partes reivindica a participação de cargos no governo ou pelo menos sua opinião sobre as indicações. Antes das eleições, entretanto, o partido já estava praticamente dividido, com a ala majoritária sendo creditada ao deputado federal Paulão.


Dividido

Daqui pra frente, todavia, ninguém sabe ao certo como ficará o PT e os seus protagonistas, muito embora todos eles, sem exceção, sejam apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Pelo jeito, a tropa tem que sentar à mesa para acertar os ponteiros, para não ter mais turbulências daqui pra frente.


Divergências

Nos bastidores, alguns integrantes do PT criticam as posições tomadas por um grupo que não representa a ala mais forte do partido, o que tem gerado desgaste interno entre seus filiados. Opositores, confidenciam que os dissentes patrocinam um linchamento público, mas que não reflete, no momento, a mesma opinião partidária. Ou seja, o racha entre os grupos está muito longe de ser resolvido.


Acelerando

A duplicação de duas rodovias em Alagoas vai voltar a ser prioridade do governo de Paulo, afora aqueles que estão sob a gestão do governo federal. Como o ministro dos Transportes, Renan Filho, se disse comprometido com Alagoas, as obras planejadas devem sair do papel.


Qual a solução?

Os constantes engarrafamentos vividos pela população nas duas principais avenidas de Maceió, a Fernandes Lima e Menino Marcelo, mais conhecida como Via Expressa, parecem não ter fim. Se não existe uma saída técnica, por que não projetar viadutos que possam, a exemplo do Rio de Janeiro, desafogar o tráfego?


Muito longe

Uma solução por parte da Braskem para recuperar os bairros atingidos pela mineração ainda vai demorar e muito a sair. Ninguém pode prever, enquanto se processam os fechamentos das minas de salgema, quando a área será liberada, o que pode levar anos.


Trânsito complicado

A realização de obras do projeto Renasce Salgadinho, que, segundo a prefeitura, vai resolver o problema da poluição ma Praia da Avenida, tem provocado transtornos no já caótico trânsito da região. As reclamações são inúmeras e o município ainda não disse quando o projeto será finalizado.


Aguardando

A deputada Jó Pereira, que encerra o mandato em 31 de janeiro, deve ser indicada para algum órgão público logo em seguida, podendo até participar do time que está sendo escalado pelo prefeito JHC.


» Ainda repercute positivamente a Lei Delegada do governador Paulo Dantas que equiparou o salário dos jornalistas vinculados à Secom com o mercado local.

» A disputa para a Prefeitura de Maceió em 2024 será acirrada. Em campo, o governador Paulo Dantas, a família Calheiros e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira.

» O ministro dos Transportes, Renan Filho, pretende recuperar a malha viária federal e gerar emprego e renda para os alagoanos.

» As operações policiais esfriaram um pouco, mas há rumores de que vem mais alguma coisa por aí por esses dias.

Mais matérias
desta edição