app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN08122023

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 08/12/2023 - Matéria atualizada em 08/12/2023 às 04h00

Se não bastasse a disputa política entre governo do Estado e Prefeitura de Maceió sobre a tragédia da Braskem, agora a briga passou para o ministro dos Transportes, Renan Filho, e o senador Rodrigo Cunha, que têm trocado farpas na imprensa local.

O disse me disse chegou também às redes sociais, e cada um dos envolvidos conta a sua verdade, exatamente em um momento onde todos, indistintamente, necessitam se unir para encontrar soluções rápidas e eficientes para a situação em que se encontra a população atingida.

PRESSÃO

Enquanto o Governador Paulo Dantas sugere que a Advocacia-Geral da União questione a legalidade do acordo de R$ 1,7 bilhão da Braskem com a prefeitura de Maceió e garanta apoio total do Estado, o prefeito JHC admite que o acordo pode ser revisto a qualquer momento.

AMPLIAÇÃO

No retorno a Maceió depois de tratativas em Brasília, o prefeito garantiu que vai procurar novamente a Braskem para encontrar uma solução para ampliação da área do mapa de instabilidade do solo.

CORDA BAMBA

A possível estabilização da área onde fica localizada a mina número 18, no bairro do Mutange, tem entusiasmado os técnicos que monitoram a situação. Mas isso não quer dizer que o perigo já passou. O colapso da cavidade pode se dar paulatinamente, o que seria considerado menos ruim.

LULA EM MACEIÓ

Enquanto estado e município defendem seus interesses técnicos e políticos, o Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, fala com o Presidente Lula e sugere sua presença em Maceió, o que deve acontecer nos próximos dias.

CERCO

Após tomar uma dimensão jamais vista, a tragédia do Pinheiro está sendo agora acompanhada de perto pelo Conselho Nacional de Justiça, pelo Ministério Público e, também, pela Polícia Federal. Isso quer dizer que os processos que ainda dormem por aí terão bastante agilidade a partir de agora.

RAPIDEZ

Finalmente, os órgãos públicos estão na velocidade que as providências sobre a tragédia do Pinheiro requeriam. Rapidamente, a Câmara de Vereadores aprovou, por unanimidade, o projeto de lei oriundo da prefeitura de Maceió isentando todos os moradores das áreas atingidas do pagamento do IPTU, durante cinco anos. Eles também terão assegurada a redução da cobrança do ISS.

ALTO LÁ!

O que parecia ser um grande negócio comercial, a previsão começa a ser desmontada pelos órgãos públicos. Nesta semana, o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas recomendou que a Braskem crie uma Reserva Particular do Patrimônio Natural na área do Mapa de Risco, que envolve os bairros Mutange, Bebedouro, Bom Parto, Pinheiro e parte do Farol. Se a empresa vai cumprir, é outra história.

ALERTA

Pelo menos com essa iniciativa, o IMA abre os olhos para que o local da tragédia não seja futuramente alvo de especulação imobiliária, inclusive pela própria Braskem, agora dona de milhares de imóveis naquela região.

OSCILANDO

Tudo indica que vai demorar ainda muito tempo para o problema da mina número 18 da Braskem ser resolvido. Dia sim, dia não, o monitoramento para um possível colapso tem oscilado bastante. Para menos e para mais. A estabilização do afundamento do solo é o que todos esperam.


» A Sesau divulgou ontem a quarta chamada de aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS) para o Sistema Prisional de Alagoas, que visa contratar temporariamente 96 profissionais.

» Os candidatos aprovados no PSS, segundo prevê o edital, serão distribuídos pela secretaria nas nove Unidades do Complexo Penitenciário localizadas na capital alagoana.

» A rede pública de ensino de Maceió realizou ontem a primeira eleição dos grêmios estudantis, após sete anos desativados.

» As eleições ocorreram em 18 escolas municipais que possuem turmas do 6° ao 9° ano e Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai).

Mais matérias
desta edição