app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN22122023

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 22/12/2023 - Matéria atualizada em 22/12/2023 às 04h00

A operação Lágrimas de Sal, realizada pela Polícia Federal na manhã de ontem, com quatorze mandados de busca e apreensão, revelou o que todas as pessoas de bom senso interpretavam nas ações colocadas na prática pela Braskem.

A mais grave entre todas, de acordo com o inquérito instaurado, foi a manipulação de dados falsos e omissão de informações aos órgãos públicos, naturalmente atrasando medidas protetivas durante um longo período de tempo para todas as milhares de pessoas que habitavam na região.

EXTENSÃO

Entre os 14 mandados - sendo 11 deles na sede da Braskem, no Pontal da Barra -, dois foram realizados no Rio de Janeiro e um em Aracaju. A apreensão de farta documentação certamente vai possibilitar esclarecer de uma vez por todas o que acontecia no subterrâneo das minas exploradas.

NÃO DESCARTA

A evolução nas investigações pode, inclusive, levar a novos mandados de prisão mais na frente, dependendo do que for apurado e da gravidade das ações de exploração de sal-gema em áreas residenciais.

INEXISTENTES

Pela apuração da PF, ficou esclarecido, também, que a Braskem não seguiu, durante todos esses anos, os parâmetros de segurança específicos para esse tiPo de exploração, que garantiriam a estabilidade das minas e a consequente segurança de todas as pessoas residentes no bairro do Pinheiro e seu entorno.

CONSEQUÊNCIAS

Ainda é imprevisível o que vai acontecer nos próximos dias, mas as acusações contra a Braskem nos dados levantados pela Polícia Federal nos últimos dias são extremamente graves.

HÁ DÉCADAS

A perfuração do solo feita sem as devidas precauções, de acordo com a Polícia Federal, vem desde o ano de 1976 até 2019, tempo suficiente para provocar a instabilidade do solo.

AGRAVANDO

Esses dados levantados pela PF, devidamente autorizada pela Justiça Federal, devem ajudar a esclarecer a grave situação e responsabilizar quem contribuiu direta ou indiretamente para a tragédia.

SEM DEFINIÇÃO

Ao que se sabe até agora, ainda não existe nenhuma definição sobre a indenização solicitada pela CBTU em relação aos danos causados à sua malha ferroviária e o consequente prejuízo de locomoção da população, provocados pela Braskem. Judicializada, a questão está sendo avaliada e os prejuízos são inestimáveis.

ESPERA

A Defesa Civil ainda não arrisca uma opinião definitiva sobre a situação da mina 18, que ainda está sob vigilância. Sabe que ela entrou em um processo de acomodação, mas não tem segurança sobre o que irá acontecer. Novos equipamentos poderão esclarecer ainda as dúvidas existentes.

CONTRATADOS

O Governador Paulo Dantas anunciou que os funcionários contratados da Secretaria de Estado da Educação receberão integralmente o mês de janeiro. A notícia foi veiculada nas redes sociais de Dantas.

CONSCIÊNCIA NEGRA

O Presidente Lula sancionou ontem o projeto de lei que declara o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra como feriado em todo o País. Celebrada em 20 de novembro, a data era feriado apenas em seis estados - Mato Grosso, Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Amapá e São Paulo - e em mais de 1,2 mil cidades por meio de leis municipais e estaduais.


» Em 2023, a Justiça de Alagoas proporcionou mais de 30 mil acordos, por meio dos 32 Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc).

» Os temas mais recorrentes nas audiências são: direito do consumidor e da família, como divórcio, guardas e alimentos.

» O Governador Paulo Dantas anunciou a construção da nova sede do Samu, no bairro do Trapiche. O comunicado foi feito durante o evento de comemoração aos 20 anos de atuação do serviço em Alagoas.

» O governo federal prepara uma proposta de regulamentação das atividades de trabalhadores por aplicativos de transporte, a ser encaminhada ao Congresso no ano que vem.

Mais matérias
desta edição