app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5751
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN04072024

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 04/07/2024 - Matéria atualizada em 04/07/2024 às 04h00

As denúncias feitas pelo delegado Thiago Prado de que, nas eleições de outubro próximo, poderia haver candidato à Câmara de Vereadores financiado por alguma facção criminosa – como ocorreria em outros estados brasileiros –, indica que as autoridades, sejam elas do Tribunal Regional Eleitoral, Ministério Público ou Polícia Federal, devem redobrar a vigilância para impedir, com duras investigações, que isso venha a acontecer.

A autoridade também alertou para a possibilidade de a costumeira compra de votos acontecer na periferia da cidade. Nesse caso, nada mais sensato que se passe um pente-fino em candidaturas e, se houver confirmação do crime, que os elementos envolvidos sejam afastados do processo eleitoral.

FINANCIAMENTO

Como o crime organizado se tornou uma febre nos últimos anos, com presença de facções nas maiores cidades brasileiras – e participação de milícias, de traficantes de drogas – principalmente nas periferias das grandes metrópoles, seria prudente os serviços de inteligência trabalharem a pleno vapor para evitar desconfortos futuros.

CASADINHA

O que se ouve falar, e não é de agora, é sobre compra de votos através de cadastros eleitorais. Nas eleições para deputados estaduais e federais, por exemplo, chovem denúncias de que a casadinha, como é costumeiramente conhecida nas camadas mais pobres, circula abertamente, embora não se saiba de punição aplicada nos últimos anos.

SÓ DEPOIS

Com a campanha começando a esquentar, as redes sociais trabalham com presença de pré-candidatos que chamam seus adversários para a arena. Como a estratégia é conhecida, disputa mesmo só com os comícios e o Guia Eleitoral.

POSSE NO TRE

O juiz Sóstenes Alex Costa será o mais novo integrante do Tribunal Regional Eleitoral. Sua posse se dará na próxima segunda-feira, dia 8, em sessão marcada para 15h, antes da sessão do Pleno do TRE/AL. Aprovado em concurso em 1995, Sóstenes já exerceu as funções em vários municípios.

AVANÇO

Ao conseguir reduzir drasticamente o número de homicídios violentos nos últimos anos e implantar com sucesso o projeto de combate à fome e à pobreza, o governo de Alagoas agora comemora a queda de 10,6% na taxa de desemprego, sendo ela a 4ª menor do Nordeste.

INDEPENDÊNCIA

O deputado Arthur Lira aproveitou a 1ª Reunião de Mulheres Parlamentares em Maceió e destacou a autonomia do Legislativo em debater temas polêmicos como o aborto. A colocação foi feita durante questionamentos feitos sobre os limites do Poder Judiciário.

PARALISAÇÃO

Muito embora o governo tenha atendido quase todas as demandas da rede estadual de ensino correspondente a reajustes salariais e condições de trabalho, o Sinteal aprovou para a próxima semana uma paralisação de 24 horas para que o Estado faça o pagamento do rateio dos precatórios do Fundef. Acostumado ao diálogo com as diversas categorias, certamente o governo encontrará uma solução nos próximos dias.

Mais matérias
desta edição