app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Imobiliário

Projeto prevê criação de banco de informações do setor

.

Por Editoria do Imobiliário & Construção | Edição do dia 13/03/2021 - Matéria atualizada em 13/03/2021 às 00h10

Na última quarta-feira (10), durante reunião online do Conselho de Administração da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a economista do Banco de Dados da CBIC, Ieda Vasconcelos, apresentou o projeto ‘Perspectivas e Interação com o mercado’, da Comissão de Obras Industriais e Corporativas (COIC), que prevê a criação de um Banco de Informações Gerais do Setor (BIGS) específico para o segmento de obras industriais.

“Um dos objetivos desse trabalho é demonstrar para a sociedade e para as três esferas de governo (estadual, municipal e federal) o impacto positivo dos projetos industriais na região em que são instalados”, destacou a economista, informando que será realizado um estudo sobre o perfil econômico do segmento de obras industriais.

Vasconcelos também fez uma apresentação sobre o cenário econômico nacional e a construção civil, com destaque para os seguintes assuntos: PIB, emprego, inflação, taxa de juros, financiamento imobiliário, mercado imobiliário, déficit habitacional e perspectivas para os próximos anos estão entre os assuntos abordados. Ressaltou também o aumento no preço dos insumos da construção.

“O cenário econômico nacional nos primeiros meses de 2021 está mais conturbado do que já era aguardado. O processo de vacinação em processo ainda lento e a segunda onda da pandemia, veio muito forte e que levou a um novo lockdown em várias localidades, pode ter como consequência um PIB negativo no primeiro trimestre. Entretanto, isso não significa que o ano está perdido. Espera-se que até o final do segundo trimestre o processo de vacinação esteja mais rápido e abrangente, e, com isso, as incertezas tendem a se reduzir. Assim, as estimativas mais positivas para a economia passam por um maior controle da pandemia”, frisou.

Mais matérias
desta edição