app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Imobiliário

Conecta CBIC integrará a indústria da construção

.

Por Editoria do Imobiliário & Construção | Edição do dia 18/12/2021 - Matéria atualizada em 18/12/2021 às 00h59

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio da sua Comissão de Responsabilidade Social (CRS), deu início ao Projeto Conecta CBIC. A iniciativa reúne um grupo de aproximadamente 20 jovens do Projeto Jovens Dirigentes + Grupo CBIC Jovem. A ideia é promover o desenvolvimento e a integração da indústria da construção de maneira estruturada, por meio da troca de experiências entre entidades, iniciativas privadas e academia.

Liderado pelo jovem Andrew Nobrega e com apoio do consultor Airton Ferreira, numa primeira etapa o objetivo do projeto é mapear os principais problemas e demandas das várias entidades da indústria da construção e, numa segunda etapa, identificar as soluções disponíveis no setor, já implantadas. Num terceiro movimento, o grupo vai poder disseminar as soluções encontradas na etapa 2, de forma dirigida para aquelas entidades que melhor possam aproveitá-las, baseado no mapeamento, provocando assim um nivelamento para um patamar superior das soluções disponíveis, compartilhando experiências entre todas as entidades.

De acordo com o consultor do projeto, a equipe já produziu as ferramentas necessárias para “conversar” com as entidades, por meio de questionários e entrevistas. A CRS/CBIC está enviando para todos os presidentes das entidades associadas Circular explicando a iniciativa. “Os jovens se estruturaram em grupos regionais e irão iniciar os contatos imediatamente”, ressalta Airton Ferreira.

O trabalho será iniciado por um protótipo conduzido pelos “líderes regionais” e depois será continuado por um grupo de “disseminadores”, apoiados pela equipe de “staff”. “Lideres regionais”, “disseminadores” e “staff” são funções definidas pelos grupo para melhor estruturar o trabalho e permitir a participação e o envolvimento de todos. Os próximos passos englobam estabelecer contatos com as entidades e iniciar o mapeamento das suas “dores” (demandas e problemas).

Mais matérias
desta edição