app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Integração

Confira os destaques do interior alagoano #I22072021

.

Por MOZART LUNA | Edição do dia 22/07/2021 - Matéria atualizada em 21/07/2021 às 22h45

Municípios nordestinos

Pela primeira vez, os problemas que afetam os municípios nordestinos foram pauta de uma reunião da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) em Recife. As pautas do encontro, realizado em sistema híbrido, foram estratégias socioeconômicas que promovam o desenvolvimento do Nordeste. O evento reuniu o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, e outras lideranças da região. O evento busca encontrar alternativas que possam amenizar as adversidades nos municípios, atenuadas na pandemia. Ziulkoski destacou que trabalhar a regionalização das prioridades dos municípios tem sido um dos objetivos da Confederação debatido desde a posse da nova diretoria. A intenção é que a articulação municipalista também esteja com esse direcionamento e colocou a entidade à disposição dos gestores. “A gente está nesse novo momento para valorizar as regiões do Brasil, e a Confederação está com os senhores para atuar no que pode ser feito. Oferecemos a nossa estrutura para discutir as políticas públicas e atender a região Nordeste”, destacou o presidente da CNM. José Patriota, que também é 1º secretário da CNM, enfatizou a importância da regionalização da pauta municipalista em razão das peculiaridades dos municípios. “O Brasil é um país de dimensões continentais e, por esse motivo, a pauta municipalista difere das demais regiões.” complementou.


Nordeste

Denominado Nordeste Unido pelo Desenvolvimento, o encontro pautou a implementação do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), a potencialização da prática consorciada entre os municípios e a importância da atuação dos entes federativos no enfrentamento às situações de vulnerabilidades sociais.


Desemprego

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Nordeste é a região com a maior taxa de desemprego do País, com 18,6%. Aliado a isso, dados do Ministério da Cidadania mostram que mais de 766 mil famílias nordestinas aguardam na fila de espera para ter acesso ao benefício.


Maragogi/aquaviário

O projeto aquaviário que está na Câmara de Vereadores de Maragogi ainda não foi votado e aguarda o retorno dos trabalhos legislativos para votação. Nos bastidores, a movimentação é grande para que sejam realizadas mudanças, principalmente quanto ao fim da hereditariedade do alvará das embarcações.


Maragogi/aquaviário 2

Segundo apuramos com alguns vereadores, há pressão para que seja mantida a hereditariedade dos alvarás, ou seja, no caso de morte possuidor da concessão, ela seja passada para esposa ou filhos. Contudo, existem impedimentos legais quanto a isso, o que poderá causar ações na Justiça.


Arapiraca/vacina

Imunizar a população de Arapiraca não é tarefa fácil, mas a Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, não tem medido esforços para garantir a aplicação das vacinas contra a Covid-19. Arapiraca ultrapassou a marca de 50% da população vacinada com pelo menos a primeira dose do imunizante e segue avançando no combate à pandemia.


Arapiraca/vacina 2

Em Arapiraca, já foram aplicadas mais de 117.400 doses de vacinas, sendo 84.601 como primeira dose e 32.799 como segunda dose ou dose única. De acordo com a coordenadora de doenças imunopreveníveis de Arapiraca, enfermeira Mônica Suzy, o objetivo do município é aplicar as duas doses de imunizantes o quanto antes para que o arapiraquense possa retomar sua rotina normalmente.


Arapiraca/educação

O Programa Inova Mais Educação avança com o propósito de oferecer melhores condições de trabalho aos professores e, com isso, ampliar o processo de ensino e aprendizagem das crianças em Arapiraca. O prefeito Luciano Barbosa entregou mais de 50 televisores, projetores (datashows) e balanças de precisão para todas as escolas e creches que atuam com a Educação Infantil.


Arapiraca/turismo

A construção do primeiro Centro de Convenções de Arapiraca está a todo o vapor. Localizado em um dos maiores cartões-postais da cidade, o Lago da Perucaba, o novo prédio público terá uma área total de 4,2 mil metros quadrados. O Centro de Convenções atuará diretamente no fortalecimento do Turismo de Negócios e Eventos da Capital do Agreste Alagoano.


Arapiraca/estrutura

O local contará com um anfiteatro com 2,5 mil metros quadrados e com capacidade para 1.200 pessoas, além de salas de exposições, teatro, camarins, salas de conferências, lanchonetes, amplo estacionamento e um centro de convívio urbano, com paisagismo que deixará a orla do Lago da Perucaba ainda mais bonita.

Mais matérias
desta edição