app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5757
Integração

Confira os destaques do interior alagoano #I04022023

.

Por MOZART LUNA | Edição do dia 04/02/2023 - Matéria atualizada em 04/02/2023 às 04h00

ALERTA! VACINAÇÃO EM BAIXA

O mais recente levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) publicado na última quinta-feira, 2 de fevereiro, alerta para a preocupante diminuição na cobertura vacinal de rotina de crianças e adolescentes de mais de 1 a 14 anos entre os anos de 2007 a 2021, o que coloca em risco os avanços obtidos com o Plano Nacional de Imunizações (PNI). A pesquisa - realizada com base em dados divulgados pelo Ministério da Saúde - indica queda na procura de oito imunizantes que totalizam 12 doses e fazem parte do esquema vacinal dessa faixa etária. A pesquisa analisou as coberturas vacinais de rotina dos imunobiológicos poliomielite (reforço), DTP (reforço), varicela, tetraviral, hepatite A, HPV meninas, HPV meninos e meningocócica ACWY. Do total de 12 doses analisadas, oito nunca atingiram a meta de cobertura entre 2007 e 2021. Também foi calculada a variação da cobertura entre o período de 2010 a 2021. Levando em conta esse cenário, 8 doses tiveram variação negativa no período, exceto o segundo reforço da poliomielite, a hepatite A, a varicela (segunda dose) e a meningocócica ACWY. Uma das quedas mais acentuadas ocorreu na busca pela vacina tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), que foi de 42,3% (2.355) em 2014 para 0,3% (17) em 2021 o percentual dos Municípios que conseguiu alcançar a meta de 95% da cobertura vacinal. Essa vacina deve ser aplicada aos 15 meses de idade. Ela corresponde à segunda dose da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e à primeira dose da varicela e foi incluída no PNI em setembro de 2013. FONTE: CNM


Reduções bruscas

Incluída em 2014 no PNI e utilizada na prevenção do câncer do colo do útero em esquema de duas doses, a vacina contra papilomavírus humano (HPV) tem meta de cobertura de 80% e deve ser aplicada em meninas e também foi autorizada a imunização de meninos dos 9 aos 14 anos.


Vacinação HPV

Entretanto, a cobertura vacinal do HPV para o sexo feminino foi atingida apenas em 2014, ultrapassando 100% e houve redução nos anos seguintes, chegando em 2021 a 13,6% a primeira dose deste imunobiológico. Ainda para o HPV feminino o percentual de municípios que atingiram meta de cobertura foi de 92% dos municípios para a primeira dose em 2014, chegando a menos de 1% dos municípios a partir de 2016 a 2021.


Risco de reintrodução

Em 2007, 52% dos municípios conseguiram alcançar a cobertura vacinal para a poliomielite primeiro reforço e, em 2021, o estudo mostra queda para somente 16% dos municípios que alcançaram a meta mínima para evitar o retorno da poliomielite no Brasil, doença que causa a paralisia infantil e que pode levar à incapacidade e à morte de crianças.


Delmiro/energia

O governo de Alagoas iniciou, na última quinta-feira, dia 26, os acordos para a implantação de uma usina de energia solar do Poder Judiciário. A iniciativa prevê benefícios econômicos, sociais e ambientais ao Estado. Na parceria, o governo de Alagoas será responsável por fazer o estudo detalhado da divisão da propriedade rural, em Delmiro Gouveia.


Coruripe

Atenção, profissionais de Coruripe e entorno: Na próxima parada do Crea-AL Até Você será no Litoral Sul entre os dias 7, 8 e 9 de janeiro, para atender todos os profissionais da região com os serviços de emissão de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), solicitação de registros, regularização de dívidas, entrega de carteiras e muito mais. Para mais informações, entre em contato com o Crea-AL através do número (82) 2123-0866.


Pilar

As matrículas nas creches municipais no Pilar estão abertas até o dia 10. A criança que aprende enquanto está na primeira infância desenvolve habilidades que a tornam mais independente, permite a formação social e ainda contribui para um crescimento saudável.


Maragogi

A campanha contra a Peste Suína Clássica (PSC) imunizou em torno de 500 suínos em Maragogi. As vacinas aplicadas foram adquiridas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a aplicação foi realizada pelo corpo técnico da Secretaria Municipal de Agricultura. Vale destacar que todos os procedimentos saíram a custo zero para os criadores, seja ele grande, médio ou de pequeno porte.


Penedo/curso

A Prefeitura de Penedo e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) firmaram mais uma parceria que visa preparar a população para o mercado de trabalho, especialmente os mais jovens, sem custo para os interessados. Parceria abre novos cursos gratuitos de capacitação profissional em Penedo.

Mais matérias
desta edição