app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Internacional

Mundo

CONFRONTOS MATAM 14 NA CAXEMIRA Srinagar – Quatorze pessoas, incluindo dez militantes muçulmanos, foram mortas em confrontos entre forças de segurança indianas e rebeldes separatistas na Caxemira, disse a polícia, ontem.  A violência na região, que é o c

Por | Edição do dia 29/08/2002 - Matéria atualizada em 29/08/2002 às 00h00

CONFRONTOS MATAM 14 NA CAXEMIRA Srinagar – Quatorze pessoas, incluindo dez militantes muçulmanos, foram mortas em confrontos entre forças de segurança indianas e rebeldes separatistas na Caxemira, disse a polícia, ontem.  A violência na região, que é o centro de um conflito militar entre Índia e Paquistão, aumentou desde que a Índia anunciou que faria eleições estaduais na Caxemira em setembro e outubro. A população local teme uma explosão da violência, já que grupos militantes prometeram impedir a eleição, e um grupo rebelde pró-Paquistão jurou assassinar candidatos, eleitores e qualquer um que apóie o processo eleitoral. Cerca de 250 pessoas, a maioria rebeldes, foram mortas desde o anúncio das eleições, feito em 2 de agosto. CONTRABANDO Hamburgo - Um navio privado de Israel, que supostamente estaria contrabandeando  equipamentos militares para o  Irã, foi interceptado no porto de  Hamburgo, na Alemanha, informou o jornal “Haaretz”. De  acordo com um comunicado divulgado pelo Ministério da Defesa de Israel, cerca de 3.000 acessórios para tanques estavam no carregamento. O carregamento tinha autorização para ser exportado para a Tailândia. “O Ministério da Defesa [de Israel] proíbe a venda de armas e de partes de equipamentos militares de qualquer tipo para o Irã”, informou o comunicado. TERRORISMO Washington- O americano Earnest James Ujaama, de  Seattle, foi acusado de ter ajudado a montar um campo de  treinamento da Al Qaeda em  Oregon (noroeste dos EUA),  segundo divulgou, ontem, a  rede CNN. Ujaama foi indiciado por conspiração e por fornecer suporte material, como armas e computadores, para a rede de Bin Laden, além de arranjar moradia para os membros do grupo em todo o país. Segundo o jornal “The Seattle Times”, o norte-americano cresceu em Seattle e morava em Londres havia seis anos. ATAQUE MATA QUATRO PALESTINOS Gaza – Uma mulher, seu filho e outros dois palestinos da mesma família morreram, ontem, atingidos por obuses disparados por tanques israelenses na faixa de Gaza, informaram fontes  médicas palestinas. Os quatro palestinos morreram após a explosão de um obus numa casa situada num bairro do sul da cidade de Gaza, perto da colônia de Netzarin. Outros cinco palestinos ficaram feridos, um deles gravemente. Os obuses destruíram a casa e causaram sérios prejuízos às residências mais próximas, de acordo com os serviços de segurança palestinos. FUNCIONÁRIO DA ONU É SEQÜESTRADO Mogadíscio – Um atirador seqüestrou um funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU) na capital da Somália e está pedindo resgate, disseram seus parentes ontem. Mohammed Farah  Omar, um funcionário somali para a ONU para a Agricultura e a Alimentação (FAO), foi capturado por cinco homens armados quando saía de sua casa em Mogadíscio na manhã de ontem, acrescentaram os parentes. Funcionários do escritório da ONU para Somália localizado na capital do Quênia, Nairóbi, afirmaram não ter detalhes do caso.

Mais matérias
desta edição