app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Internacional

Mundo

TERRORISMO Peshawar - Policiais militares do Paquistão explodiram, ontem, casas em áreas tribais do país onde supostamente se escondiam seis fugitivos da rede terrorista Al Qaeda. As autoridades dizem que as ações vão prosseguir até que os militantes sej

Por | Edição do dia 05/09/2002 - Matéria atualizada em 05/09/2002 às 00h00

TERRORISMO Peshawar - Policiais militares do Paquistão explodiram, ontem, casas em áreas tribais do país onde supostamente se escondiam seis fugitivos da rede terrorista Al Qaeda. As autoridades dizem que as ações vão prosseguir até que os militantes sejam entregues. O governo local afirmou que os soldados começaram a se infiltrar na terça-feira. Hoje, quatro moradores foram presos, inclusive o teólogo Maulala Shamsul Haq, acusado de dar abrigo aos seis militantes. DEPORTADOS Jerusalém - Um comboio militar israelense iniciou, ontem, a deportação de um casal  de irmãos palestinos da Cisjordânia para a faixa de Gaza,  executando uma ordem  apontada pela Autoridade Nacional Palestina como “crime de guerra”. É a primeira vez no atual conflito que Israel usa o recurso da deportação, condenado pela comunidade internacional. A expulsão de Kifah e Intisar Ajouri foi autorizada pela Corte Suprema de Israel, que rejeitou um recurso dos dois. CONFRONTO Al-Jalil - Ao menos três pessoas morreram e 14 ficaram feridas, ontem, durante confronto entre o Exército libanês e combatentes palestinos em um campo de refugiados no leste do Líbano. Segundo fontes, os enfrentamentos começaram no início da manhã quando o Exército entrou nos escritórios abandonados do Conselho Revolucionário Fatah – uma facção criada pelo líder da guerrilha palestina, Abu Nidal, que morreu no Iraque no mês passado – no campo de refugiados de Al-Jalil.

Mais matérias
desta edição