app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5751
Internacional

Meteoro assusta a Austr�lia passando a 30 km da terra

Goolwa (Austrália) – O meteoro que riscou os céus da Austrália a cerca de 30 quilômetros da superfície terrestre quinta-feira à noite assustou os moradores do Sul do País. Segundo relato dos habitantes de Goolwa e Victor Harbour, ao sul de Adelaide, os cé

Por | Edição do dia 07/09/2002 - Matéria atualizada em 07/09/2002 às 00h00

Goolwa (Austrália) – O meteoro que riscou os céus da Austrália a cerca de 30 quilômetros da superfície terrestre quinta-feira à noite assustou os moradores do Sul do País. Segundo relato dos habitantes de Goolwa e Victor Harbour, ao sul de Adelaide, os céus foram tomados por um flash de luz azul e rastros de fumaça. Dois grandes estrondos foram ouvidos. Pequenos meteoros, que podem chegar ao tamanho de um carro, adentram à atmosfera terrestre com freqüência, mas são consumidos pelo fogo gerado com o atrito - são as “estrelas cadentes”. Pedregulhos com o tamanho de um ônibus, no entanto, podem gerar explosões impressionantes, como as ouvidas ontem pelos australianos. Dependendo de sua composição, esses objetos podem chegar inteiros à superfície ou então quebrar em pequenas partes, que caem no solo como meteoritos ou também são consumidos na atmosfera. Mas, segundo a Nasa (agência espacial norte-americana), o perigo real está reservado para o dia 16 de março de 2880. Nesse dia, há uma chance significativa de que o meteoro catalogado como 1950 DA, com pouco mais de um quilômetro de diâmetro, se choque com a Terra. O impacto de uma rocha desse porte, zunindo a 66.600 km/h, teria a intensidade de milhares de bombas atômicas.

Mais matérias
desta edição